domingo, 1 de novembro de 2009

Oligoastrocitoma

Oligoastrocitoma, ou seja, associa duas populações celulares, de astrócitos e oligodendrócitos. Áreas 'puras' são poucas. Na maior parte do tumor os dois tipos celulares coexistem em íntima mistura.

Fonte: http://anatpat.unicamp.br/nptoligoastro1.html

6 comentários:

  1. Boa Noite Lidionete, estava pesquisando via net, sobre o Tumor que também tive, e apareceu seu blog, bom estou passando aqui para desejar a você, seu filho e família muita fé, saúde e força para sorrir mesmo quando a dor, o incomodo apertar o coração!
    No meu caso o tumor “Oligoastrocitoma Grau II” foi descoberto em dezembro de 2006 e minha primeira cirurgia foi realizada em fevereiro de 2007, em março de 2008 convulsionei e foi diagnosticado desenvolvimento do que “restou”, pois também há um “restinho” numa área que não tem como ser efetuada a cirurgia, como cresceu um pouco mais, em julho realizei a segunda cirurgia e em outubro de 2008 realizei tratamento de Radiocirurgia Estereotáxica, e graças a Deus e aos Anjos médicos que ele colocou no caminho, hoje tudo encontra-se estável, faço ressonância de 6 em 6 meses, com a fé de mais um milagre: nada mais ter na “cachola”, rs.
    Peço com muita fé que nossa Mãe Maria interceda por todos nós!
    Em especial mando a oração que em fevereiro de 2007 apareceu na carteira da minha mãe, e hoje somos devotas dela “Nossa Senhora da Cabeça”.
    “ORAÇÃO - Eis-me aqui, prostrado aos vossos pés, ó mãe do céu e Senhora Nossa! Tocai o meu coração a fim de que deteste sempre o pecado e ame a vida austera e cristã que exiges dos vossos devotos. Tende piedade das minhas misérias espirituais! E, ó Mãe terníssima, não vos esqueçais também das misérias que afligem o meu corpo e enchem de amargura a minha vida terrena. Dai-me saúde e forças para vencer todas as dificuldades que me opõe o mundo. Não permitais que a minha pobre cabeça seja atormentada por males que me pertubem a tranqüilidade da vida. Pêlos merecimentos de vosso divino Filho, Jesus Cristo, e pelo amor a que ele consagrais, alcançai-me a graça que agora vos peço (pede-se a graça que se deseja obter). Aí tendes, ó Mãe poderosa, a minha humilde súplica. Se quiserdes, ela será atendida.
    Nossa Senhora da Cabeça, rogai por nós.”
    Bom, finalizo com um super abraço e tenha muita fé, pois o “IMPOSSÍVEL ELE PODE REALIZAR”!

    ResponderExcluir
  2. Olá Kelly, que história de vida a sua!
    Jamais devemos perder a fé e que bom que você está bem!
    Obrigada pela força e também desejo a você tudo de bom.
    Que Deus te abençõe sempre!
    forte abraço

    ResponderExcluir
  3. olá atodos, eu sou a mariana de portugal, e também a mim me foi diagnosticado um oligoastrocitoma grau II em outubro 2007 sendo operada no mesmo mês!!! foi o mundo a desabar á minha volta pois tinha 33 anos e dois filhos com 3 e 1 ano.... a cirurgia foi um sucesso e a recuperação um milagre!!! tb ficou por cá qq coisa mas não acharam necessário qq tipo de tratamento como rádio ou quimio (dizem k é um trunfo para se alguma coisa algum dia se alterar!!) fiz um conrtolo mais apertado no 1 ano e agora de ano a ano estou optima, tudo está estavel!! estou bem!! tenho tb mt fé na nª Srª de Fátima que é a minha salvadora!!! sou uma pessoa com uma vida normal apesar de me sentir com bastante menos energia...talvez por ter desacelarado a minha vida!!!! vejo a vida de um modo diferente, é claro, mas sinto-me feliz por estar aqui a contar-vos este episódio da minha vida.... bjnhs

    ResponderExcluir
  4. Olá Mariana, parabéns pela sua linda história de superação! Que bom que está tudo bem e você pode seguir a sua vida normalmente, cuidando dos seus filhinhos. Deus continue te abençoando hoje e sempre e manda notícias sempre que puder.
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Oi Lidi, como está seu filhinho minha querida? Espero que tudo bem. Como você também sou mãe de um menino lindo de 05 anos, que foi diagnosticado com tumor em dezembro de 2010. Foi operado e a biópsia deu 1o GANGLIONEUROMA mas a lâmina deu EPENDIMOMA GRAU II. Fizemos uma revisão da lâmina no INCA que dessa vez deu GANGLIOGLIOMA. Como na 1a cirurgia não houve ressecação total ele passou por uma 2a cirurgia dia 20/04/12. De acordo com o neurocirurgião todo o tumor visível foi retirado, a biópsia dessa vez deu OLIGOASTROCITOMA GRAU II. Meu filho não tem quaisquer sintomas, nem quando fez a 1a cirurgia ele teve. O único indício que nos fez correr para o hospital foi uma hemiparesia do lado esquerdo dele e a confirmação do tumor através de ressonância. Amanhã 01/06 vamos ao oncologista conversar sobre o último resultado e confirmar se haverá necessidade de tratamento adcional. Ainda temo pelo meu filhinho e oro ao meu bom Deus Jeová que nos dê força e perseverança nesses momentos difíceis. Um beijo grande Lidi, que Jeová Deus abençoe a sua força e coragem de mãe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida Elizabete, obrigada por compartilhar a sua experiência! Meu filho Vitor esta bem, graças ao bom Deus.
      Que bom que seu pequeno se recuperou bem da cirurgia e está bem. Mas muito intrigante essa divergência com relação à análise do tumor... Os médicos falaram se há necessidade de tratamento adicional?
      Fico aqui na torcida por vcs e que o bom Deus Jeová esteja à frente de toda situação!
      Beijo grande

      Excluir

Pesquisar este blog

Carregando...