Visualizações desde JUL 2010

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 1 de novembro de 2009

Hemangioblastoma

TC (Tomografia computadorizada): Lesão de aparência cística, hipodensa, com nódulo mural isodenso, que pode ser difícil de identificar nos estudos sem contraste. Com contraste, há forte captação no nódulo. A localização mais comum é no cerebelo. O nódulo está junto à superfície pial da lesão em 70 a 75% dos casos.
RM (Ressonância Magnética): O componente cístico é hipointenso em T1, hiperintenso em T2. O nódulo mural é geralmente heterogêneo, isointenso em T1 e hiperintenso em T2, com intensa impregnação pelo gadolínio. Vasos serpiginosos com vazio de fluxo (flow void) podem ser observados com freqüência.
Angiografia: Mostra habitualmente grande massa avascular na fossa posterior com pequeno nódulo mural altamente vascularizado. O realce pelo contraste é intenso e prolongado. Às vezes observam-se veias de drenagem precoce.

Fonte: http://www.fcm.unicamp.br/deptos/anatomia/rpgcineo.html#hemangiobl

Nenhum comentário:

Postar um comentário