segunda-feira, 4 de maio de 2009

Ômega 3 X Ômega 6

O corpo humano requer 2 ácidos graxos essenciais - ácido linoléico (uma gordura ômega 6) e ácido alfa-linolênico (uma gordura ômega 3). Só que a maioria das pessoas (principalmente a dieta ocidental), consome em excesso óleos ômega-6, encontrados nas carnes, laticínios, ovos não orgânicos e na maioria dos óleos vegetais (milho, girassol, soja) e seus derivados, como margarina e maionese. Favorece assim o aumento do risco de câncer e de cerca de sessenta outras enfermidades, como doenças de pele, coronárias, acidentes vasculares cerebrais, pressão alta e diabetes.

Consumir níveis mais altos de ômega-3 e níveis reduzidos de ômega-6 é o ideal. As membranas são feitas principalmente de ácidos graxos. O que determina o tipo de ácido graxo presente nas membranas das células é o tipo de gordura que consumimos. Uma alteração da função da membrana da célula é a principal causa de dano e morte celular. Sem membranas saudáveis, as células perdem sua capacidade de guardar água, nutrientes vitais e eletrólitos.

As cadeias mais longas de ácidos graxos ômega-3, tais como o ácido eicosapentenóide (EPA) e o ácido docosaexaenóico (DHA) encontrados nos peixes especialmente de água fria como o salmão a cavalinha, o arenque e o linguado.

Encontramos ômega 3 nos legumes verdes, semente de linhaça, óleo de linhaça, azeite de oliva extra-virgem, noz, peixe e ovos orgânicos (são ovos cujas galinhas são alimentadas com semente de linhaça). O azeite de oliva extra virgem é um excelente aliado, mas tanto o azeite de oliva quanto o óleo de linhaça não podem ser aquecidos a altas temperaturas, pois perdem suas propriedades.

Se olharmos o rótulo do azeite extra-virgem, a proporção de ômega-3 X ômega-6 é de 1:1, já do óleo de linhaça é 3:1. O de canola é 1:4, o de soja 1:7 e o de girassol é totalmente desproporcional, sendo 1:70.

Consumindo uma proporção maior de ômega-3 em relação ao ômega-6, haverá maior controle da inflamação, fluidificação do sangue e controle do crescimento celular.

Mas atenção: se houver eminência de realizar alguma cirurgia, deve-se suspender o óleo de peixe ou excessos de ômega-3 duas semanas antes, porque interfere na coagulação do sangue...

O que escrevi acima foi pesquisado nos livros:
- COMO PREVENIR E TRATAR O CÂNCER COM MEDICINA NATURAL – Dr. Michael Murray, Dr. Tim Birdsall, Dr. Joseph E. Pizzorno e Dr. Paul Reilly – Editora Best Seller
-ANTICÂNCER – – Dr. David Servan-Schreiber – Editora Fontanar ,

Link:
Óleo de peixe ômega-3 e câncer : diminuição da proliferação celular maligna, aumento da apoptose, indução da diferenciação celular e diminuição da neoangiogênese tumoral
http://www.medicinacomplementar.com.br/tema201106.asp

Um comentário:

  1. Obrigado por postar, Tudo parece ter um equilíbrio, e qndo esse equilíbrio é quebrado, surgem as doenças.. Mas sera q se tomar chá verde em excesso, omega-3, causará outras doenças ?

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Carregando...