domingo, 10 de maio de 2009

JUN 2008 - II - Ressonância Magnética

Mês de junho foi realizada nova ressonância e o laudo foi o seguinte:

“ Exame realizado através das técnicas turbo spin-Eco, com aquisições multiplanares, com imagens ponderadas em T1 e T2, antes e após a administração do meio de contraste paramagnético endovenoso.

Formação cística retrovermiana de sinal liquórico que remodela a escama occipital e se amolda à tórcula excentricamente disposta à direita, ao tentório, ao verme e aos seios transversos mais à esquerda, com sinais de patência dos seios venosos. Mede aproximadamente 2,5 X 2,5 X 6,0 cm (T X AP X CC) e deve representar cisto de aracnóide de instalação em fase remota do desenvolvimento.

Aumento volumétrico irregular do bulbo com sinais de manipulação cirúrgica em sua porção póstero – lateral direita, com pequena área de aspecto aproximadamente em cunha de hipersinal espontâneo em T1 e hopossinal em T2 que pode representar produtos de degradação de hemoglobina.

O aumento volumétrico bulbar associa-se a sutil hiperintensidade ou isointensidade de sinal nas aquisições Flair e T2 que se estende com limites imprecisos e aspecto infiltrativo desde a medula cervical alta aos pedúnculos cerebelares inferiores, tegmento pontino, pedúnculos cerebelares médios e substância branca cerebelar bilateral, circunjacente ao quarto ventrículo e mais à direita.

Nota-se insinuação inferior das tonsilas cerebelares em direção ao forame magno com obliteração dos forames de Luschka e discreta dilatação do sistema ventricular a montante,
Não se caracterizam focos de impregnação anômala após injeção do meio de contraste.


Restante do parênquima encefálico com morfologia, posições e características de sinal habituais.
Sulcos corticais e fissuras sylvianas com aspecto conservado.


A análise comparativa com exame anterior de 27/03/2008 não demonstra alterações significativas.”

Assinado pela Dra. Flávia K. Issa Cevasco

A última linha do laudo era o que mais importava... “Não demonstra alterações significativas”... Graças a Deus por isto!

O Vitor continuava fazendo as fisioterapias e sua melhora continuava fluindo a cada dia...

Centenas de pessoas estavam unidas conosco em oração, pra que Deus continuasse dirigindo a situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Carregando...