terça-feira, 5 de maio de 2009

Alimentos Refinados

Em todos os livros sobre alimentação e câncer, sem exceção, é citada a farinha branca e os alimentos refinados como maléficos ao organismo.

Cito abaixo as principais razões, sempre mencionando a fonte de cada uma delas:

1. Quando ingerimos farinha branca (pão branco), que faz subir rapidamente a taxa de glicose no sangue (é um alimento de “índice glicêmico” elevado), nosso corpo libera imediatamente uma dose de insulina para permitir que a glicose penetre nas células. A secreção de insulina é acompanhada da liberação de uma outra molécula, chamada IGF (insulin-like growth factor), cuja característica é estimular o crescimento das células. Sabe-se hoje em dia que os picos de insulina e a secreção de IGF estimulam diretamente não apenas o crescimento das células cancerosas, mas também sua capacidade de invadir os tecidos vizinhos.
(livro Anticancer, Dr. David Servan-Schreiber, pg 79)

2. As farinhas brancas não contém proteína, vitamina, minerais e nenhum dos ácidos graxos ômega-3 essenciais às funções do organismo. Por outro lado, parece que de fato elas alimentam diretamente o crescimento do câncer.
(livro Anticancer, Dr. David Servan-Schreiber, pg 78)

3. Levando-se em conta que os carboidratos não somente devem fornecer energia geral par o organismo além de manter o funcionamento dos tecidos do fígado, coração, cérebro e nervos, mas também evitar a degradação de gorduras e proteínas, a qualidade do carboidrato deve ser a melhor possível. As fontes de carboidratos devem ser os grãos integrais ou as farinhas de grãos integrais tais como arroz, milho, trigo, centeio, cevada, aveia, etc.
(Câncer o poder da alimentação na prevenção e tratamento, Caroline Bergerot, Paulo Gustavo Bergerot, pg73)

4. Alimentos refinados não possuem fibras. Um estudo publicado na edição de outubro da revista Cancer Causes and Control indica que a ingestão de fibras na alimentação pode reduzir os riscos de dois problemas no esôfago – o esôfago de Barrett e o adenocarcinoma de esôfago. O primeiro é uma doença na qual há uma mudança anormal nas células da porção inferior do esôfago, possivelmente causada pelo refluxo gastroesofágico. Enquanto o segundo é um tipo de câncer que se desenvolve principalmente em pessoas com esôfago de Barrett. “Nossas descobertas sugerem que a ingestão de fibras é inversamente associada com o risco de esôfago de Barrett e adenocarcinoma de esôfago. O risco de adenocarcinoma de esôfago é inversamente associado com o consumo total de carboidratos, mas positivamente associado com ingestão de alto índice glicêmico”, concluíram os autores.
(Cancer Causes and Control. 07 de outubro de 2008)
http://boasaude.uol.com.br/news/index.cfm?news_id=7787&mode=browse

5. Dr Sidney Federmann: As fibras previnem a maioria, se não todos os tipos de câncer. Funciona assim: as carnes têm gorduras que estimulam o aumento das células. Quando ingeridas, as fibras grudam nas gorduras e ajudam a eliminá-las nas fezes, inibindo o principal fator de aumento do câncer. (Dr Sidney Federmann é médico do Ministério da Saúde e pratica, há mais de 20 anos, nutrição médica preventiva e terapêutica, com o objetivo de prevenir doenças, entre elas,o câncer. Ele é autor do livro “A alimentação que evita o câncer e outras doenças”.) http://www.abrale.org.br/fique_atualizado/interno.php?id=222

6. Especialistas do Instituto de Pesquisas Farmacológicas da Universidade de Milão dizem que comer pão branco pode aumentar o risco do câncer dos rins. http://boasaude.uol.com.br

7. Mulheres que ainda não passaram pela menopausa e que comem grande quantidade de fibras podem ter o risco de câncer de mama reduzido pela metade, sugeriu estudo da Universidade de Leeds, na Grã-Bretanha.Estudo, com 35 mil mulheres, constatou que as mulheres que ingeriam 30 gramas de fibra por dia tinham a metade do risco daquelas que ingeriam menos de 20 gramas. Os pesquisadores recomendam às mulheres que aumentem sua ingestão diária de fibras. Especialistas disseram que o estudo divulgado no International Journal of Epidemiology traz mais evidências dos benefícios de uma dieta saudável.Os britânicos ingerem em média 12 gramas de fibra por dia. Para consumir, 30 gramas de fibra, uma pessoa precisa comer um cereal de alta concentração de fibras no café da manhã; trocar o pão branco ou de centeio por pão integral e certificar-se de que está ingerindo cinco porções de frutas, verduras e legumes por dia. http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2007/01/070124_fibracancerg.shtml

Eu resolvi acreditar nas informações acima, tendo em vista que não encontrei nada que me apontasse que não é verdade, ou que desmentisse as pesquisas publicadas. O caráter deste blog é informativo e cada um é livre para acreditar no que quiser. Pode não parecer, mas todas as atitudes que estou tomando para com meu filho, fiz questão de pesquisar até entender o seu mecanismo de ação, sempre analisando dados científicos e publicações de diversos autores. Esse assunto é muito interessante e fascinante e existem diversas publicações que têm muito à acrescentar e convido a todos lerem um pouco sobre esse assunto também.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Carregando...