segunda-feira, 24 de junho de 2013

Dr. Ben Williams: mais de 18 anos após um Glioblastoma Multiforme

A história de vida do Dr. Ben Wiliiams, um médico americano que foi diagnosticado com o terrível tumor cerebral “Glioblastoma Multiforme” há mais de 18 anos atrás é uma inspiração para nossa luta... O tumor do meu filho Vitor é deste mesmo tipo, mas variando a graduação. Um Astrocitoma Difuso de grau IV é um Glioblastoma Multiforme...

O drama do Dr. Ben Williams começou no dia 31/03/1995, quando foi submetido a uma neurocirurgia para retirada de um tumor cerebral Glioblastoma Multiforme, localizado no córtex parietal direito, cujo tamanho foi comparado ao de uma “laranja grande” e infelizmente não pôde ser completamente removido. Fez o tratamento de radioterapia, englobando margem de segurança de 2 cm, e a ressonância magnética após esse tratamento mostrou tudo igual, sem benefícios aparentes.

Desde quando soube da gravidade da doença, não se conformou com o pouco tempo de vida que lhe restava e com todas as forças passou a pesquisar e estudar meios de se livrar daquela triste realidade.

Em junho de 1995 iniciou o primeiro ciclo de quimioterapia BCNU. Duas semanas antes da quimio, começou tomar 220 mg por dia de tamoxifeno, se estendendo até março de 1998.

Junto com a quimioterapia também tomava 600 mg de verapamil, um bloqueador do canal de cálcio, utilizado para tratamento de pressão arterial, pois descobriu através de suas pesquisas, que aumentava substancialmente a eficácia da quimioterapia.

A ressonância magnética após a quimioterapia constatou notável redução, mas uma grande quantidade de tumor ainda permanecia. 

Em julho, adicionou 160 mg por dia de acccutane, ácido retinóico 13-cis.

No segundo ciclo de quimioterapia, mudou o tratamento para PCV, continuando a tomar verapamil, CCNV, tamoxifeno e accutane.

Nesta época, acrescentou 15 mg por dia de melatonina, o que continua até hoje.

A ressonância magnética após o 2º ciclo de quimioterapia evidenciou redução substancial do tumor. E após o 3º ciclo de quimioterapia, maior redução do tumor.

No 4º ciclo de quimioterapia mudou novamente para BCNU e a ressonância magnética constatou livre de qualquer sinal do tumor!

Seguiu para o 5º ciclo de quimioterapia e mais uma vez ressonância magnética limpa.

Já o 6º e último ciclo de quimioterapia, usou PCV, com dose menor de vincristina.

Desde o primeiro ano de tratamento, adicionou vários suplementos nutricionais: genisteína, PSK (extrato de cogumelo), óleo de linhaça, óleo de semente de borragem, selênio, chá verde. Comia e ainda come grandes quantidades de brotos de brócolis, alho, framboesas, mirtilos, cebolas, produtos de soja. Recentemente acrescentou um suplemento chamado silimarina, um extrato de leite de cardo.

Atualmente, após mais de 18 anos de diagnóstico, segue tomando genisteína, curcumina, resveratrol, silibinin (leide de cardo), chá verde, melatonina à noite e também grande quantidade de brotos de brócolis, frutas, suco de romã, chocolate amargo.

Esse tipo de tumor Glioblastoma Multiforme está entre os mais terríveis tipos de cânceres na atualidade. Infelizmente mata a grande maioria dos acometidos em poucos meses, mesmo que o paciente tenha feito todo o tratamento protocolar, com radioterapia e quimioterapia com temodal. O Dr. Ben não fez quimioterapia com temodal... Fez com BCNU, um quimioterápico ultrapassado para este tipo de tumor. Difícil explicar como conseguiu vencer esse grande gigante, mas eu pessoalmente acredito que foi graças à sua atitude positiva diante da situação e também a união do tratamento convencional com o tratamento complementar, com grande ênfase na alimentação. Conheci virtualmente uma pessoa que esteve recentemente em San Diego e conseguiu encontrar-se pessoalmente com o Dr. Ben Williams. O esposo dela foi diagnosticado com um astrocitoma difuso e desde então já trocamos muitas informações por e-mail.  Ela e o esposo voltaram muito encorajados a seguir em frente e com a graça de Deus também serão vencedores.

Fica aqui então este relato referente ao Dr. Ben Williams, que na minha opinião só reforça a importância da alimentação e dos suplementos nutricionais na luta contra a doença.

Neste link é possível encontrar a última atualização do dia 28 de janeiro de 2013:

9 comentários:

  1. Ola, boa noite!
    Por favor, gostaria da sua ajuda!
    Quanto à todos aqueles suplementos que o Dr. Ben Willians recomenda, conversei com os medicos, mas eles não são a favor de tomar nada concentrado(em capsulas). Apenas consumir as substancias na alimentação, e por mais que a alimentação seja rica, é impossivel conseguir consumir tudo o que ele recomenda.Por favor, queria saber como você tem feito com o seu filho? quais suplementos ou remedios complementares você costuma dar a ele e quais considera mais importantes?
    Muitos obrigada desde já,
    Paula.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Paula, realmente a maioria dos médicos brasileiros desaconselha a utilização de suplementos...
      No início eu fiquei numa dúvida cruel e li muito a respeito e um livro que me esclareceu bastante foi o do médico americano Dr. Ray D. Strand , cujo título é bem intrigante "O Que Seu Médico Não Sabe Sobre Medicina Nutricional Pode Estar Matando Você".
      O ideal seria conseguirmos dos alimentos todos os nutrientes necessários ao funcionamento do nosso organismo, mas como vc mesma disse, nem sempre é possível...
      Devido inúmeros fatores, (desmineralização do solo por causa da agricultura ostensiva, etc, etc), acho necessária a suplementação, ainda mais quando uma doença está instalada e vários sistemas do nosso corpo demandam dessas matérias primas para funcionarem direito...
      Meu filho já usou vários desses que o Dr. Bem toma, dentre estes a genisteína, PSK, melatonina, resveratrol, etc..
      Atualmente ele toma óleo de borrage, ômega-3, extrato de semente de uva, coenzima Q-10, extrato de leite de cardo, vitamina D-3, mirtilo, noni e probiótico. O mirtilo são as famosas blue berries, aquelas frutinhas azuis... Continuamos tbém com os sucos de vegetais crus orgânicos, 2 vezes ao dia. A melatonina paramos, porque ele tem um sono excelente. Dentre estes, acho muito importante os anti-inflamatórios (ômega-3), os probióticos (são maravilhosos para ajudar no sistema imunológico) e a ingestão abundante de antioxidantes naturais (frutas, verduras e legumes orgânicos).
      Fico a disposição no que puder se útil!
      abs

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?
    Meu pai foi diagnosticado com a mesma doença do Dr. Ben Willians, pensei em comprar os medicamentos que ele usou, mas fiquei com medo, até porque ele usou em quantidades bem grandes.
    Gostaria de saber onde posso encontrar todos esses suplementos, e se são todos em cápsulas, se precisa de um acompanhamento de nutricionista? Estou tão perdida, preciso ajudar o meu pai mas não sei como.
    Obrigada
    Solange

    ResponderExcluir
  3. Olá, meu sogro foi diagnosticado, com GBM/4, tem um lugar, um livro, do Ben onde a gente possa ver todos os componentes naturais que ele tomou??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Natália, que eu saiba o Dr. Ben Willians não tem livro, mas todas as estratégias que ele utilizou/utiliza estão disponibilizadas em seu site. Em 2013 uma amiga virtual conseguiu encontrar-se com ele em San Diego, Califórnia e na ocasião conseguiu uma lista do que ele vinha utilizando e segue abaixo:

      Genistein (from soy) : 50 mg/day
      Silibinin (from milk thistle): 600 mg/day
      Green Tea Extract: 1450 mg/day
      Curcumin (from turmeric): 800 mg/day
      Resveratrol: 150 mg/day
      Lycopene: 20 mg/day
      Maitake D-fraction (or PSK) : or 3 g/day for PSK
      Melatonin: 10-20 mg/day
      Vitamin D3: 5000 I.U./day
      Fish Oil: 5000 mg/day
      Borage Seed oil: 3000 mg/day

      Copious amounts of garlic, berries, cheeries, pomegranate juice, and broccoli sprouts

      Dessa lista acima meu filho não fez uso apenas do licopeno e do óleo de borage, do resto todos. Alguns continuamos usando até hoje, que é o caso do milk thistle, curcumina, resveratrol, melatonina, vitamina D-3 e óleo de peixe, entre outros.
      Esclareço que o tumor do meu filho (graças a Deus estabilizado a mais de 8 anos) é um glioma de grau II e o GBM é grau IV.

      Deus abençoe vcs!

      Excluir
    2. Boa Tarde, como está essa sua amiga virtual que se encontrou com o Dr? ela tinha qual grau de tumor? vc poderia me passar o contato dela?? estou desesperada pela minha irmã e não sei por once começar...

      Excluir
  4. pode me passar o contato do Dr Felipe

    ResponderExcluir
  5. Olá pessoal!! To vindo aqui para dar uma notícia lindaaaa!!!! Depois do susto de maio quando o tumor do meu sogro voltou tomando quase todo o cérebro quase tive um treco!! Aí o médico deu 3 meses de vida pra ele!! Mas estamos em outubro!! E adivinha só!! Ele está aqui comigo agora é esta ótimo !!!! Gente!! Esses medicamentos naturais funcionam sim!!!! O que eu fiz, primeiro eu comprei um livro que se chama Anticâncer ele fala sobre alimentação e estamos seguindo certinho, meu sogro tem um GBM grau 4! isso mesmo gente!! Grau 4!! Aí depois eu achei um artigo completo do Dr Ben wiliams falando tudo sobre o estudo dele e o tratamento , e depois eu conversei com um médico Indiano pq na Índia o índice de câncer é de 4%!! Aqui no Brasil é de 70%!! Como eu precisava de alguém pra me ajudar com essas formular naturais eu procurei um ortomolecular aqui na minha região achei o Dr Felipe Fornari, ele me ajudou com as fórmulas, gente tem remédios naturais que ajudam em tudo!! Até na ajuda da abertura da
    Membrana que envolve o cérebro !! E deixa o tratamento passar com mais eficiência !!! Pessoal eu consegui o estudo por indicação de alguém no blog diário de um tumor cerebral, mas quem
    Quiser o estudo do Dr Ben e o contato do médico indiano que me fornecer as fórmulas e o atendimento por e-mail de graça!! Me manda um e-mail!! Eu mando pra vcs!! Meu e-mail é natifavero@msn.com e gente! Funciona, o tumor do meu sogro diminuiu 40% nem o médico sabia dizer pq, ele disse que nunca tinha visto isso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To super interessada, vou te mandar um email.

      Excluir

Pesquisar este blog

Carregando...