sexta-feira, 30 de maio de 2014

JAN 2014 - Férias Inesquecíveis

As nossas férias desse ano foram incríveis, pois tivemos a oportunidade de conhecer lugares que jamais imaginaríamos ir. Tudo começou quando, em maio de 2013 recebi um e-mail de um site de compras coletivo chamado “Viajar Barato”, oferecendo um cruzeiro de 7 dias pelo Mar Vermelho, com tudo incluído e no itinerário constava 3 portos do Egito  (Sharm el Sheikh, Safaga e Sokhna), 1 de Israel (Eilat)  e 1 da Jordânia (Aqaba). O interessante seria que enquanto o navio estivesse ancorado nesses portos, teríamos a oportunidade de visitar as Pirâmides, Jerusalém e a maravilhosa cidade de Petra na Jordânia. O mais incrível de tudo isso era o preço, que seria R$ 470,00 (isso mesmo, reais) por pessoa e ainda parcelado em 9 vezes! Claro que ficamos empolgadíssimos e avisamos alguns amigos e familiares e resolvemos juntos encarar esta grande aventura. Escolhemos uma data de janeiro, que seria mais apropriada para todos.

Após a compra dos pacotes no site, comecei pesquisar as passagens aéreas, pois são caríssimas para essa região, mas se compradas com antecedência, é possível conseguir ótimos preços. Então compramos as passagens aéreas também e passamos a contar os dias para esta grande aventura.

Foi uma decepção quando em julho recebemos um e-mail comunicando que a MSC cruzeiros cancelou as rotas para o Mar Vermelho, devido à instabilidade política no Egito, que poderia chegar a uma guerra civil, segundo alguns analistas. Para que não fossemos prejudicados, nos ofereceram um cruzeiro similar de 7 dias, mas com itinerário para as ilhas Las Palmas, S Sebastian de La Gomera, Funchal, etc, que ficam próximas à costa da África, mas pertencem a Espanha e Portugal... Claro que ficamos muito chateados, mas já que não havia dado certo, tentamos cancelar a passagem aérea junto a Turkish Airlines, mas a multa por cancelamento era muito alta e não valia à pena. Foi então que comecei a pesquisar uma forma de irmos por conta, reservando Hotéis, guias e passeios diretamente. Pesquisando, descobri que hotéis naquele região não são caros e os custos totais ficariam aproximados aos do cruzeiro.

Como nosso vôo para Sharm el Sheikh, (porto no Egito onde partiria o cruzeiro) faria uma escala em Istambul na Túrquia, um amigo do grupo sugeriu ficarmos alguns dias lá, pra conhecermos Istambul e também a região da Capadócia.

E assim aconteceu. Cuidei de tudo e fiz as reservas dos Hotéis em Istambul, em Goreme (Capadócia) e também em Sharm el Sheikh no Egito. A Capadócia fica a aproximadamente de 700 Km de Istambul, então seria melhor irmos de avião. Consegui passagens aéreas a 19 dólares por uma Cia aérea chamada Pégasus. Reservei também transfers, do aeroporto – Hotel e vice versa. Também os guias que falam português, pois ninguém do nosso grupo fala turco, hebraico ou árabe. Até o nosso inglês é muito básico... Reservei também todos os passeios que faríamos e graças a Deus deu tudo certo.

Enquanto os meses se passavam, as notícias acerca da crise no Egito só pioravam. Praticamente todos os dias havia notícias de mortos. Em julho de 2013, o presidente Mohammed Morsi foi deposto pelos militares, e a Irmandade Muçulmana ficou revoltada e foi na maioria das vezes a responsável pelos conflitos que quase sempre resultavam em mortes.

Embarcamos no dia 14/01/2014, com algumas horas de atraso, pois o nosso avião foi aquele que a imprensa noticiou que vindo de Istambul teve que fazer uma parada de segurança no Marrocos, por suspeita de bomba, pois alguém esqueceu um tablet no avião e como o dono não aparecia, a tripulação achou melhor não colocar o avião todo em risco e optou pela escala no Marrocos. Como seria esse mesmo avião que embarcaríamos, sofremos a conseqüência desse atraso. Mas graças a Deus correu tudo bem. Foi um vôo de 12 horas e cruzamos todo o deserto do Saara antes de chegar em Istambul. A Turkish é uma Cia Aérea maravilhosa, com poltronas confortáveis e bom entretenimento a bordo.Mas o seu ponto forte são as refeições, que realmente são muito boas.

Chegamos em Istambul com atraso, mas o nosso transfer estava nos aguardando. Antes do embarque, consegui enviar um e-mail e avisar...

Chegamos já de madrugada no Hotel Saruhan e o atendente nos recebeu muito bem. Nos acomodou e disse que podíamos fazer o check´in no dia seguinte. Fiz a reserva do hotel pelo site Booking.

Bom, como os relatos são bem extensos, vou dividir em alguns posts. Claro que o assunto não tem nada a ver com o câncer, mas como uso este espaço como um diário das nossas experiências mais marcantes, vou postar aqui e de repente, ficam as dicas pra quem tem intensão de fazer este roteiro.

Desde que meu filho foi diagnosticado com câncer, decidimos viver intensamente cada momento e por isto que não medimos esforços para correr atrás dos nossos sonhos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Carregando...