quarta-feira, 8 de julho de 2009

Grandes Médicos e Pesquisadores

As informações que compartilho com vocês tem bases científicas muito sólidas e as descobertas e constatações apresentadas são resultado do trabalho dos mais renomados pesquisadores .

Muitos deles são médicos, que inclusive passaram a aplicar estas descobertas em seus próprios pacientes, conseguindo resultados incríveis no tratamento das mais variadas doenças.

Geralmente, um médico da medicina convencional só tem conhecimento da medicina convencional, desconhecendo totalmente a medicina complementar...

Já um médico complementar, tem conhecimento das duas, pois seus conhecimentos vão além do “convencional”!

Vou citar abaixo alguns médicos e pesquisadores , cujas publicações tive a oportunidade de ler e conhecer:

1. Dr. Ray D. Strand, M.D. - médico americano que passou a aplicar a medicina nutricional em seus pacientes, após 22 anos de atuação na medicina convencional. Os resultados foram fantásticos. "Embora a maior parte dos médicos ainda não compreenda bem os conceitos aqui apresentados, os fatos permanecem. Quando apliquei estes princípios no tratamento de meus pacientes, os resultados foram nada menos que espantosos. Eu acompanhei diversos pacientes com esclerose múltipla que saíram da cadeira de rodas e passaram a caminhar novamente. Ajudei pacientes com miocardiopatia a sair da lista de transplante do coração. Alguns pacientes de câncer entraram em recuperação; pacientes com degeneração macular tiveram melhorias significativas na visão; e pacientes de fibromialgia recuperaram suas vidas.” Está tudo relacionado no livro: “O que seu médico não sabe sobre medicina nutricional pode estar matando você”.

2. Dr. Sidney Federmann – médico especialista em cirurgia pediátrica, atuante no Ministério da Saúde, divisão de doenças crônicas na Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, diretor clínico e presidente do Centro de Estudos do Hospital São Camilo – Santana em São Paulo e auto do livro “Prevenção de Doenças Crônicas”. Cita em seu livro: “...Peço perdão a Deus por não ter escrito este livro antes. Minhas atividade como cirurgião pediatra absorveram quase que a totalidade de meu tempo...A solução que encontrei foi demitir-me dos empregos que mais desgastavam-me... Deus mostrou-me o caminho e colocou nele as pessoas e elementos certos para ajudar-me. Deus colocou em minha mão tudo que eu precisava para realizar esta obra. E a época parece ser a mais adequada, por haver suporte científico incontestável e o reconhecimento do Governo Norte-Americano e da Organização Mundial da Saúde.”

3. Dra. Miriam Federmann – médica pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo. Especialista em Pediatria, Saúde Pública e mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, aprovada com nota DEZ pela comissão julgadora em dissertação de mestrado sobre nutrição e diabetes. Gerente da Unidade Básica de Saúde – Jardim Japão, prefeitura de São Paulo. Esposa do Dr. Sidney Federmann e co-autora do livro “Prevenção de Doenças Crônicas”.

4. Dr. Neal Barnard – um dos médicos mais bem informados do mundo sobre a medicina nutricional e juntamente com o Dr. Dean Ornish desenvolveu um importante estudo nutricional com pacientes de insuficiência coronariana e os resultados conseguidos foram muito bons. A dieta proposta por eles foi eficiente em reverter placas de ateromas nas artérias coronarianas.

5. Prof. Dr. Dean Ornish – médico da Universidade da Califórnia. Responsável pela orientação alimentar do casal Clinton, então presidente dos Estados Unidos. Quando esteve no Brasil em ABR de 98 no Congresso Mundial de Cardiologia, concedeu uma entrevista à Rede Globo: O presidente Clinton é o homem mais poderoso do mundo. É o presidente dos Estados Unidos da América. Ele pode comer o que quiser. E ele gosta de hambúrguer. Eu oriento a alimentação do casal Clinton. O Presidente hoje está comendo hambúrguer com pão de farinha integral, bife de soja, salada de legumes e verduras sem maionese, sem queijo, pois ele precisa ter boa circulação cerebral para o bom funcionamento do cérebro que toma decisões muito importantes para a Nação e para o Mundo, diariamente.”

6. Prof. Dr. Pekka Puska - diretor do Departamento de Prevenção de Doenças não comunicáveis e Promoção da Saúde, Organização Mundial de Saúde, em Genebra, Suíça e também diretor do Projeto North Karelia, na Finlândia, cujos resultados conseguidos com mudanças alimentares foi a diminuição em 68% das mortes por doenças cardio-vasculares, 73% das mortes por doença cardíaca coronariana (infarto do miocárdio) e 44% das mortes por câncer e 71% das mortes por câncer de pulmão.

7. Prof. Denis P. Burkitt - do Conselho Médico de Pesquisas. Passou 20 anos na África, onde realizou suas pesquisas descrevendo também um tipo raro de Câncer que levou o seu nome, dado por seus colegas em sua homenagem: O Linfoma de Burkitt. Publicou 6 artigos médicos de 1972 1 1975 sobre nutrição na prevenção das doenças.

8. Prof. Oliver Alabaster - diretor do Instituto para Prevenção de Doenças da Universidade George Washington, e autor do livro “O poder da Prevenção”.

9. Prof. Daniel W. Nixon - diretor do Instituto Nacional do Câncer, professor de Oncologia Experimental e Diretor do Instituto de Prevenção do Câncer da Universidade da Carolina do Sul, vice-presidente da Sociedade Americana do Câncer e editor-chefe do jornal “Prevenção do Câncer” ( Câncer Prevention). Publicou em 1994 o livro “A Alimentação para a Recuperação do Câncer” (The Câncer Recovering Eating Plan), na qual enfatiza que “é essencial que as pessoas tomem conhecimento que a Nutrição é importantíssima para ajudar no tratamento do Câncer, não só na prevenção.”

10. Dr. Lawrence Kushi - doutor em Saúde Pública da Universidade de Harvard, grande pesquisador do livro sobre doenças cardiovasculares, escrito por sua mãe, Michio Kushi.

11. Dr. Michael Murray – uma das maiores autoridades em nutrição e medicina natural dos Estados Unidos, có-autor de Encyclopedia of Natural Medicine e autor do Best-seller The Healing Power of Herbs e também autor do livro “Como Prevenir e Tratar o Câncer com Medicina Natural”, juntamente com outros 3 médicos.

12. Dr. Tim Birdsall – diretor nacional dos Naturopathic Medicine and Reserch for Câncer Trarment Centers of América e também autor do livro “Como Prevenir e Tratar o Câncer com Medicina Natural”, juntamente com outros 3 médicos.

13. Dr. Joseph E. Pizzorno – co-autor de Encyclopedia of Medicine Natural e co-fundador de uma das mais reconhecidas escolas de Medicina Natural dos Estados Unidos e também autor do livro “Como Prevenir e Tratar o Câncer com Medicina Natural”, juntamente com outros 3 médicos.

14. Dr. Paul Reilly – co-fundador do Seattle Câncer Trearment and Wellness Center, editor-chefe da Alternative Medicine Review e também autor do livro “Como Prevenir e Tratar o Câncer com Medicina Natural”, juntamente com outros 3 médicos.

15. Dr. Alex Botsaris – presidente do Instituto Brasileiro de Plantas Medicinais. Grande pesquisador. Fez a apresentação para a edição brasileira do livro “Como Tratar o Câncer com Medicina Natural” e escreveu: “... Para muitos, tratar o câncer com medicina natural parece um exercício quixotesco de falta de bom censo. Como os métodos suaves das medicinas naturais podem resolver algo que drogas fortes como quimioterápicos muitas vezes não conseguem? Entretanto, tal visão é um engano; há muito que fazer pelo paciente portador de câncer utilizando métodos não convencionais, o que foi bem estudado e exposto pelos autores.”

16. Dr. David Servan-Schreiber - neuropsiquiatra francês e autor do livro “Anticâncer – prevenir e vencer usando nossas defesas naturais” . Com um tumor no cérebro, seis meses de vida. Este foi o seu diagnóstico. Determinado a conhecer a doença e a vencê-la a qualquer custo, traçou seu caminho de cura aliando a medicina convencional e práticas e alimentação saudáveis. Quinze anos mais tarde, resolveu partilhar sua experiência pessoal neste livro que se consagrou como um sucesso internacional.

17. Dr. Ben Williams - pesquisador da Universidade da Califórnia (em San Diego – EUA). Foi diagnosticado em 1995 com um glioma de grau IV ou seja, Glioblastoma Multiforme do tamanho de uma laranja. Após ser operado e sabendo do prognóstico, pôs-se a procurar incansavelmente por alternativas de tratamento. Como possui ótima formação científica (é um PhD) e trabalha em uma conceituada universidade, sabia o que fazer e localizou e estudou tudo o que pode de material científico sobre o assunto. Depois de constatar que os tratamentos médicos que lhe estavam sendo oferecidos tinham poucas chances de serem suficientes, começou a agregar novas substâncias ao próprio tratamento. É claro que, obviamente, teve que enfrentar a resistência dos médicos que o assistiam, para conseguir fazer o que achava ser o certo...Já se passaram 14 anos e eis o link com as últimas atualizações das pesquisas do Dr. Bem Williams: http://virtualtrials.com/pdf/williamssupplements2009.pdf

18. Dr. Max Gerson – médico alemão erradicado nos Estados Unidos e criador da terapia de tratamento alternativo conhecida como “Gerson Therapy”, baseada em nutrição perfeita e completa desintoxicação. Milhares de pacientes foram curados das mais variadas doenças. Foram publicados inúmeros casos de cura do câncer, com todas as informações comprobatórias. Um dos livros sobre esta terapia chama-se “Curando o Incurável” e relata a experiência de Beata Bishop, jornalista, escritora e psicoterapeuta residente em Londres, que mantém-se há mais de 20 anos “curada” de um melanoma maligno com metástase, que poderia tê-la matado em 1981.

19. Dr. Raul Barcellos – médico pesquisador que tentou aplicar as suas descobertas nutricionais em Hospitais do Rio de Janeiro, sem sucesso e no livro “A dieta do doutor Barcellos contra o câncer e todas as alergias”, a jornalista e escritora Sonia Hirsch relata sobre as dificuldades que o Dr. Barcellos encontrou.

20. Dra. Jocelem Mastrodi Salgado – Professora titular em Nutrição – ESALQ / USP e autora dos livros “Faça do alimento o seu medicamento” e “Pharmacia de Alimentos”, sobre a prevenção de doenças.

21. Patrick Holford – um dos mais renomados escritores da área de nutrição. Em 1984, fundou o Institute for Optimum Nutrition, um centro independente e sem fins lucrativos dedicado às pesquisas e à prática de nutrição. É autor de vários livros, como Optimum Nutritiion Bible , 100% Health, incluídos entre os mais vendidos. No Brasil, foi publicado o livro “Diga Não ao Câncer”.

22. Dr. Charles R. Attwood, M.D., F.A.A.P. – membro da Academia Norte-Americana de Pediatria, exercendo a especialidade por mais de 35 anos. Mais do que um dedicado e competente pediatra, se revelou, nos últimos anos, um ativista da alimentação racional de adultos e crianças. Nos adultos, Attwood visa modificar toda uma maneira de se alimentar, cujos reflexos são principalmente a obesidade. Nas crianças e nos jovens a “cruzada” do Dr. Attwood é promover desde cedo hábitos sadios de alimentação, com ênfase na alimentação vegetariana.

23. Dr. Henrique Smith – médico macrobiótico e autor do livro “Macrobiótica Zen para o Brasil”, onde relata dezenas de experiências clínicas com seus pacientes, fazendo uso da macrobiótica e recursos naturais.

24. Prof. Lelington Lobo Franco – Bachareu em química pela Universidade Federal do Paraná, especializou-se em radioatividade através do Ministério de Minas e Energia. Colaborador da revista “Vida e Saúde” e consultor das revistas “Fitoterapia e Saúde”, “Saúde é Vital”, entre outras. Ministrante de cursos de Extensão Universitária, na área de Terapias Naturais. Pesquisador sobre princípios ativos de plantas e frutas. Autor de diversos livros, entre eles “As incríveis 50 frutas com poderes medicinais”, “As sensacionais 50 plantas medicinais campeãs de poder curativo”, “As sensacionais + 50 plantas medicinais campeãs de poder curativo”, “50 chás medicinais campeões de saúde”, “As principais doenças do século e seus tratamentos naturais”, Saiba como emagrecer, permanecer magra e bonita”, “Diabetes uma doce tentação”, “50 sucos medicinais campeões de saúde” e “+ 50 sucos medicinais campeões de saúde”.

25. Dr. Sang Lee – médico coreano, especializado em alergia pela Califórnia University C. Irving. Após curar-se de maneira espetacular de um problema de alergia, transferiu-se para o Instituto Weimer Ca., onde reside e trabalha como médico e professor. Eloqüente orador, têm levado, com sucesso, sua experiência pessoal e clínica de cura e prevenção por meios naturais, e milhares de pessoas o ouviram em vários países, como Japão, Koreia, Cingapura, China, Canadá, Noruega, Brasil, entre outros.

26. Dra. Aileen Ludington – autora e educadora na área de saúde internacionalmente conhecida. Seus livros sobre saúde venderam mais de meio milhão de exemplares e foram traduzidos em vários idiomas. Vive em Paradise, Califórnia, com seu esposo, o Dr. Clifford Ludington. No Brasil, é co-autora do livro “Controle sua saúde”, sobre hábitos de quem deseja viver mais.

27. Dr. Hans Diehl – doutor em ciências da Saúde, fundador e diretor do Lifestyle Medicine Institute de Loma Linda, Califórnia. Contribuiu para o estabelecimento do Centro de Promoção da Saúde da Universidade da Califórnia. Em Los Angeles. Vive com sua esposa, Dra. Lily Diehl, e seus filhos em Loma Linda, Califórnia. O Dr. Diehl e a Dra. Ludington são autores do livro “Vida Dinâmica”, lançado pela CPB.

28. Eliza Mello Soares Biazzi – conferencista, escritora, especialista em culinária vegetariana e tratamentos naturais. Tem ministrado cursos e palestras sobre suas especialidades, desde 1975, no Brasil e nos Estados Unidos. Entre suas obras publicadas, “Viva Natural”, “Saúde pelas plantas”, Delícias da Cozinha Natural”, “Delicias da Cozinha Natural – doces” e “Delícias Naturais para o bebê” e co-autora de “Como deixar: álcool, fumo e drogas” e “Seis anos a mais”.

29. Dr. Peter J. D´Adamo - conceituado médico naturopata, palestrante e criador da Dieta do Tipo Sanguíneo.

30. Carolina Bergerot – Nutricionista e autora de mais de 20 livros sobre nutrição. Especializada em Nutrição Clínica, direciona seus estudos para a oncologia. Autora do livro “Câncer, o poder da alimentação na prevenção e tratamento” .

31. Paulo Gustavo Bergerot – co-autor do livro “Câncer – o poder da alimentação na prevenção e tratamento”

32. Joe Schwarcz – professor de química com ênfase em nutrição e apresenta programas de rádio e TV sobre a aplicação cotidiana da ciência. Canadense, foi o único não-americano a receber o prestigioso Grady-Stack Award da Sociedade Química Americana, dentre numerosos outros prêmios. Tem diversos livros publicados, entre eles “Uma maça por dia – Mitos e verdades sobre os alimentos que comemos”.

33. Dr. Richard Béliveau - especialista de grande projeção na área do câncer, é titular da Cadeira de Prevenção e Tratamento do Câncer da Universidade de Quebec, em Montreal, onde também é professor de bioquímica. É professor na Faculdade de Medicina da Universidade de Montreal (Departamento de Cirurgia e Departamento de Fisiologia) e diretor do Laboratório de Medicina Molecular, no Serviço de Hematooncologia do Centro de Cancerologia Charles Bruneau, do Hospital Sainte-Justine. Co-autor do livro “Os alimentos contra o câncer”.

34. Dr. Denis Gingras - pesquisador especializado em oncologia, no Laboratório de Medicina Molecular, no Serviço de Hematooncologia do Hospital Sainte-Justine, Co-autor do livro “Os alimentos contra o câncer”.

35. Dr. Marcos Sandoval Medeiros de Freitas – médico especializado em distúrbios do metabolismo e da alimentação, emagrecimento, medicina preventiva e de saúde. Sanitarista, nutrólogo, tireoidologista e medicina ortomolecular. Autor do livro “Tudo o que vocês precisa saber sobre emagrecimento, alimentação, envelhecimento, saúde”

36. Dr. Silmar Cristo - Médico brasileiro, autor, consultor e conferencista de renome internacional. Por mais de 15 anos tem dedicado sua vida profissional a pesquisa e a promoção do desempenho humano nos EUA, México e Canadá. Somente nos EUA trabalhou em mais de 20 estados, provendo consultoria para empresas privadas, Organizações governamentais e não governamentais, entre elas destacam-se a Secretaria de Educação do Texas, em um excelente projeto para a redução dos índices de obesidade em crianças de idade escolar, melhoria da disciplina e desempenho acadêmico. Atuou também junto a organização "The March of Dimes" em um projeto para a redução dos altos índices de defeitos de nascimento, no sul do Texas e para dezenas de empresas privadas como consultor de maximização do desempenho humano e produtividade.

37. Prof. Dr. José de Felippe Junior – doutor em fisiologia pela Universidade de São Paulo, docente livre em clínica médica – medicina intensiva pela Universidade do Rio de Janeiro, clínica médica, terapia intensiva e nutrologia. Grande pesquisador, mantém o site: http://www.medicinacomplementar.com.br/. É presidente da Associação Brasileira de Medicina Complementar e aplica a medicina biomolecular. (É o médico que acompanha o tratamento complementar do Vitor)


20 comentários:

  1. meu filho é portador de um tumor no bulbo cerebral e neurofibromatose os dizem dizem não ter cura , só que eu faço uma constante busca para descobrir outros recurso para a retirada do tumor gostaria que se alguém tiver uma informação sobre algum especialista nessa doença por favor me contactue, nos fones: 58259270/34050998/76467558. neusa e fiquem com deus.

    ResponderExcluir
  2. Neusa
    Obrigada pelo seu contato! Parece que o caso do seu filho é indêntico ao do meu filho... Vou te ligar.
    Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Olá, boa tarde, meu nome é Ricardo Paulo, achei muito interessante esse estudo com o AP.

    Meu pai no dia 30/03/2010 foi diagnosticado com foi diagnosticado com um tumor cerebral de espécie Glioblastoma Grau IV.

    A cirurgia foi realizada no mês de abril de 2010, mas em função da lezão ser do caráter infiltrativo, o tumor não pôde ser removido totalmente.
    Iniciou-se então o tratamento com radioterapia e químico com temodal, e no início desse mês, foram feitos novos exames que constatou o crescimento do tumor, onde o resultado da ressonância magnética do encéfalo demonstrou aumento nas dimensões da lesão da esquerda, atualmente acometendo a região parieto-occipital, associado a sinais de infiltração ependimária,
    e lesão parieto-occipital à direita, apresenta pouca modificação nas suas dimensões, notando-se áreas de necrose no interior de ambas; estas lesões se comunicam.

    A equipe médica optou por não operar novamente, pois seria mais um sofrimento tanto para o paciente quanto para a família, e optou por continuar com os medicamentos e com o tratamento com o Temodal.

    Eu como filho, assim como todos os familiares, desejamos buscar e fazer tudo o que for possível para melhorar o quadro clinico dele, que se debilitou muito nessas últimas semanas.

    Gostaria de saber sobre o tratamento com Avastin (Bevacizumab) e CPT11 (Irinotecan) (medicamentos utilizados originalmente contra o câncer de colo retal) com os quais em muitos casos os tumores (glioblastomas) diminuem ou desaparecem sendo que a toxicidade do Avastim + CPT11 é maior que a do Temodal (Temozolomida)
    E sobre o um recente tratamento com o Álcool Perílico.

    Deixarei aqui o e-mail para contato

    Desde já, agradeço a atenção.

    ricardo_jjsilva@hotmail.com

    Ricardo Paulo da Silva

    ResponderExcluir
  4. Olá Ricardo, já respondi diretamente no seu e-mail...
    Desejo que tudo dê certo no novo esquema de tratamento!

    ResponderExcluir
  5. Na 12ºed. de nosso livro "Prevenção de Doenças cronicas" tem a alimentação para a prevenção do câncer e para a reversão,associada ao tr. oncológico , com casos clinicos, incluindo a reversão de Astrocitoma anaplasico, que apresentamos no último congresso de Nutrologia Para adquiri-lo tel do cons 0(11) 2950-5044

    ResponderExcluir
  6. A 12º ed. de nosso livro contém as recomendações da World Cancer Research Fund e American Institute for Cancer Research para a prevenção do cancer e para os portadores.Acrescentamos alimentação inibidora da carcinogenese, associada a atividade fisica com bons resultados para a reversão. Fone 0 (xx) 11 2950-5044

    ResponderExcluir
  7. Prezado Dr. Sidney Federmann
    Que honra encontrá-lo por aqui! Mesmo sem conhecê-lo pessoalmente, sou uma grande admiradora do seu trabalho.
    Vou entrar em contato para adquirir a 12a. edição do livro.
    Muitíssimo obrigada!
    Lidionete

    ResponderExcluir
  8. Olá, boa noite. Tenho minha mãe com 82 anos, sempre foi muito saudável. No início de 2009, começou com uma alergia na testa. Passou por vários médicos, Clínico Geral, Dermatologista, que, a principio disse que poderia ser Lupus, lepra, mas fez uma biopsia, que teve como resultado uma interrogação, que talvez fosse angiosarcoma.
    Foi encaminhada para um oncologista, que diante esta dúvida, solicitou outra biopsia feita com um cirurgião plástico.Mas a alergia que estava na testa havia desaparecido, mas apareceu alguns caroços no couro cabeludo.
    O segundo resultado deu como angiosarcoma. A oncologista solicitou diversos exames, que apontou que ela estava bem fisicamente e, diante disto, encaminhou-a para radioterapia. Fez 32 aplicações de radioterapias. Após essas aplicações sumiram todos os 7 a 8 caroços localizados no couro cabeludo, teve alta, mas uma semana depois começaram a aparecer alguns caroços no couro cabeludo. Diante deste fato teve que fazer quimioterapia. Hoje parou de fazer a quimio, porque não estava dando o resultado que deveria. Ela está bem, diante da idade, diate de toda a situação, se alimentando bem, mas o problema continua. Gostaria de saber se alguem conhece algum tratamento diferente do convencional para este tipo de câncer. Meu e-mail é crferreira@dglnet.com.br
    Se alguém possa me orientar, agradeço por tudo.

    ResponderExcluir
  9. Gostaria de dizer a todos que tenho um colangiocarcinoma inoperável controlado por auto-hemoterapia e uso de melatonina 20mg, sucupira e copaíba todas as noites. Muitos duvidam que eu sobreviverei, mas aqui estou há 13 meses desde o diagnóstico!
    Rui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rui, gostaria se saber mais detalhes sobre seu tratamento. Meu pai também está com um colangiocarcinoma inoperável, e seu tratamento está todo baseado no tratamento natural. Ainda não fizemos comparação após o diagnóstico. Espero que esteja tudo bem com você. Um abraço! Glauber Marcelo. meu e-mail é glaubermos@hotmail.com

      Excluir
  10. Anônimo com mãe de 82 anos
    Obrigada por compartilhar a sua experiência e espero que atualmente sua mãe esteja melhor.
    É complicado quando os tratamentos protocolares não tem o efeito esperado, pois nos deixam sem ação.
    Tenho pesquisado bastante sobre câncer e terapias complementares e acredito muito que um sistema imunológico fortalecido só ajuda. E para melhorar o sistema imunológico existem várias alternativas e muitas dicas estão aqui neste blog.
    Fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  11. Rui
    Obrigada pelo seu depoimento! É fantástico!
    Já ouvi coisas muito boas sobre a auto-hemoterapia. E sobre a melatonina também. Um detalhe que tenho percebido em grande parte dos sobreviventes de tumores cerebrais, no caso Glioblastoma Multiforme, é que muitos deles usam melatonina. Tenho vários estudos sobre a melatonina. Meu filho usa, só que em dosagem menor.
    Deus continue te abençoando!
    abs

    ResponderExcluir
  12. DR

    O SENHOR ACREDITA QUE SEJA VERDADEIRO:
    >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
    Alimentos cujas proteínas ele afirma que fazem crescer tumores:

    leite e derivados

    carnes de porco,
    lagosta, camarão
    feijão de qualquer tipo, ervilha, lentilha,
    grão-de-bico, vagem,
    feijão-verde, soja e seus subprodutos, broto de feijão

    batata-inglesa, batata-doce, batata-baroa (mandioquinha), cará, inhame, aipim/mandioca
    (e farinha de mandioca)


    aveia, abacate, castanha portuguesa

    vitamina C sintética
    >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

    E QUEM NÃO TEM CA PODE SE ALIMENTAR DESSES PRODUTOS? ELES NÃO SÃO PERIGOSOS?

    OBRIGADO DOUTOR

    ResponderExcluir
  13. oi Dr. vi uma reportagem sua na tv e me interecei por comprar um de seus livros, pq minha mae ja teve dois cancer e eu me intereço em livros que possa me ajudar a me alimentar melhor.qual livro o senhor me recomendaria?
    obrigada.

    ResponderExcluir
  14. Bom dia
    Gostaria de saber dentre os médicos sitados quais podemos encontrar em SP ou regiões próximas
    Me interesso muito pela alimentação natural e a saúde que essa traz.
    A qual deveria ser muito mais difundida
    obrigada e parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  15. Olá, após ler várias das postagens, afirmo que meu e-book holístico possui muitas informações úteis, pouco conhecidas, contra o câncer, inclusive como usar corretamente a água estruturada molecularmente por pirâmides de cristal.
    No meu site estão as informações.
    Euro Oscar - www.eurooscar.com

    ResponderExcluir
  16. A dieta mais eficaz contra o câncer, cardiopatias e diabetes, é a vegana, sem dúvida. Cabe o desafio de confrontar e achar pontos em comum entre as dietas do Dr. Max Gerson, do Dr. Barcellos, Dra. Hulda Clark, etc. Já encontrei vários pontos em comum nelas. tras. Infelizmente a indústria bilionária do câncer oculta muitas coisas e só divulga o que lhe traz imensos e constantes lucros. No meu e-book são citados os nomes de muitos médicos, nutricionistas e cientistas geniais, geralmente boicotados por poderosíssimos interesses.

    Euro Oscar - www.eurooscar.com
    (O meu site e o meu e-book são educativos e informativos. Consulte sempre bons profissionais da saúde)

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Olá! Para qualquer tipo de câncer a alimentação crua é ideal e eficaz, principalmente quando está nos primeiros estágios. Legumes, verduras, frutas, grãos (pode deixá-los de molho para amolecerem)... NÃO SE DEVE COMER açúcar, leite, qualquer tipo de carne, enfim, tudo o que não for cru e nem natural da terra. Consuma muito pouco sal (Marinho, de preferência). Conhecemos, nós da Igreja Adventista, várias pessoas que foram curadas do câncer e até de lúpus, por causa dessa "dieta do cru". É a alimentação ideal que Deus deixou para nós. Sugestão de leitura: Conselhos sobre Regime Alimentar - Ellen G. White - Casa Publicadora Brasileira.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acrescentaria a alimentação crua o trigo, lentilha e linhaça germinados, fontes de vitamina B12. Detalhes em meu livro "Super Alimentos" que pode ser adquirido pelo tel 11-2950-5044

      Excluir

Pesquisar este blog

Carregando...