quinta-feira, 9 de julho de 2009

Colapso na Saúde?


Se nenhuma medida for tomada, em breve haverá um colapso na saúde pública e também particular do Brasil.

A capa da Revista Veja São Paulo desta semana é o seguinte: “Hospitais em Obras – uma radiografia de vinte hospitais particulares da cidade que ampliam suas instalações, investem em novos equipamentos e criam 1800 leitos”.

A cidade de São Paulo é o maior Centro Médico e Hospitalar da América Latina e nos últimos anos inúmeros hospitais novos foram inaugurados, inclusive recentemente um exclusivamente para tratamento do câncer...

Outra reportagem, esta na Revista Veja edição Nacional desta semanal: “Tão Jovens e tão ameaçados”, informando sobre o aumento do número de casos de derrame cerebral entre os brasileiros jovens...
Em nenhuma outra época da história houve tantas pessoas doentes das mais diversas enfermidades... E relembrando as previsões da Organização Mundial de Saúde acerca da “Epidemia de Câncer” anunciada para 2010. O caso do Vitor foi citado em uma reportagem do Jornal Correio Brasiliense, intitulada "Câncer vai liderar mortes em 2010" .


Participo de algumas comunidades relacionadas ao câncer e é assustador o número de crianças, adolescentes e jovens com a doença!

Sem contar as outras doenças como diabetes, hipertensão, artrite, esclerose múltipla, lúpus, obesidade fazendo vítimas cada vez mais cedo.

Parece que não encontramos mais pessoas que “morrem de velho”, sem antes passar pelo sofrimento intenso de um câncer ou de uma artrite reumatóide, ou incapacitação por um AVC ou Parkinson ou Alzheimer.

Na quinta-feira (02/07) conversei por telefone por um bom tempo com uma jovem senhora que sofre de Esclerose Múltipla, que é uma desordem que afeta a bainha de mielina (camada que reveste nervos cerebrais), e a desmielinização resulta em mau funcionamento do nervo, causando incapacidades diversas, como por exemplo os movimentos de várias partes do corpo. Segundo a medicina convencional, não tem cura!

Usou doses e mais doses de inúmeros medicamentos de última geração, prescritos pelos mais renomados médicos, na tentativa de amenizar os sintomas. Passei pra ela as informações do Dr. Ray D. Strand, M.D., médico americano que por 22 anos atuou na medicina convencional e na tentativa de salvar sua esposa de uma doença que a havia deixado “inválida”, se aprofundou nas pesquisas científicas voltadas para a medicina nutricional e quando sua esposa estava completamente restabelecida, ficou tão empolgado que começou a ligar para todos seus pacientes que enfrentavam problemas crônicos e os milagres foram acontecendo um a um. Ele diz em seu livro: “Embora a maior parte dos médicos ainda não compreenda bem os conceitos aqui apresentados, os fatos permanecem. Quando apliquei estes princípios no tratamento de meus pacientes, os resultados foram nada menos que espantosos. Eu acompanhei diversos pacientes com esclerose múltipla que saíram da cadeira de rodas e passaram a caminhar novamente. Ajudei pacientes com miocardiopatia a sair da lista de transplante do coração. Alguns pacientes de câncer entraram em recuperação; pacientes com degeneração macular tiveram melhorias significativas na visão; e pacientes de fibromialgia recuperaram suas vidas.”
Com relação especificamente à Esclerose Múltipla ele diz: “A esclerose múltipla responde notavelmente bem à nutrição celular. Não há para mim dúvida alguma de que, diversamente do mal de Alzheimer e do mal de Parkinson, em que danos irreversíveis são infligidos às células do cérebro, o corpo tem o potencial de reparar os danos à bainha de mielina. É fundamental submeter os pacientes de esclerose múltipla ao uso de poderosos antioxidantes.”

Falei com a Liciane à noite e fui dormir pensando na nossa conversa e no dia seguinte acordei com “alguma coisa me dizendo” que deveria postar neste blog as experiências de centenas de pacientes que tenho tomado conhecimento, sobre suas curas ou controle das mais variadas doenças, através dos recursos naturais criados por Deus. Não sei se sonhei com isto ou era Deus falando comigo... Nos últimos meses li e pesquisei muito e sinto que Deus tem um propósito para minha vida!

Já estou “organizando” estes relatos e pretendo começar a postar em breve. Não só casos de câncer, mas de outras doenças graves também. São dezenas deles e quero também incluir o da Cibele, que tive a oportunidade de conhecer a menos de 20 dias atrás e passamos um dia juntos. A sua experiência também é maravilhosa! Provavelmente ela lerá isto, pois acompanha este blog. Resumidamente: ela também é uma jovem senhora que foi acometida pela “Artrite Reumatóide”, uma doença degenerativa crônica envolvendo as articulações, também considerada sem cura e que conforme agrava pode causar desconforto significativo, dor e incapacitação. O caso dela foi gravíssimo e a cerca de um ano atrás mudou o seu estilo de vida e incorporou na sua rotina a alimentação natural e milagres aconteceram, deixando espantados os médicos do Hospital das Clínicas em São Paulo que cuidam do seu caso...Os níveis de “fator reumatóide” (acho que é este o nome) em seus exames que antes passavam de 2000, hoje estão na casa dos 200...

Deus é maravilhoso e somos obras perfeitas da sua criação!

Matérias Primas para o correto funcionamento do nosso organismo

A alimentação é o combustível da “máquina orgânica” que regula as funções bioquímicas do nosso organismo.

Com os nutrientes adequados, nosso corpo será capaz de realizar aquilo que Deus planejou.

“Graças te dou, visto que por modo assombrosamente maravilhoso me formaste; as tuas obras são admiráveis, e a minha alma o sabe muito bem.” (Salmos 139:14)

Nosso corpo gera 3 grandes sistemas defensivos, como superóxido dismutase, catalase e glutationa e também um notável sistema de reparo.

Também possui uma notável capacidade inerente de curar a si mesmo. E isto não é acaso da natureza. A complexidade de nosso organismo evidencia seu maravilhoso criador.

As nossas células necessitam de cerca de 45 nutrientes essenciais que devem ser fornecidos com a alimentação ou por suplementos nutricionais. Constitui-se na matéria prima para a produção de energia, de células, de hormônios, de anticorpos , etc

Quando faltam alguns destes nutrientes, nosso corpo não funciona da maneira que deveria e muitos mecanismos de defesa ou reparo ficam danificados.

Um grande exemplo é a Glutationa, o mais potente antioxidante intracelular e encontra-se presente em todas as células. Quando ingerimos os nutrientes necessários para que a célula produza mais glutationa, aprimoramos o sistema de defesa antioxidante do nosoo corpo como um todo. Para que o nível de produção de glutationa se mantenha, é necessário selênio, vitamina B2, niacina e N-acetil L-cisteína... Imagina uma receita de bolo onde faltam alguns ingredientes... O resultado final não será o esperado!

O selênio por exemplo, é um item fundamental para a produção de glutationa... Que alimentos tem selênio? Castanha-do-pará, farinha de trigo integral, germe de trigo, farelo de arroz, farinha de centeio, arroz integral... Em outros alimentos os traços são mínimos e insuficientes ao que necessitamos. Há também minerais “quelados” ou seja, “retirados” do nosso organismo devido a má absorção... Já é sabido que o refrigerante é um “desmineralizante” do nosso organismo.

A alimentação tipicamente ocidental, com itens industrializados, refinados, com aditivos químicos, gorduras saturadas e açúcar não provém a matéria prima que nosso corpo requer pra funcionar adequadamente... Vale lembrar que os cereais refinados tem a grande maioria de seus nutrientes removidos nos processo de refinamento. Muito importante preferirmos o pão integral, o arroz integral, a aveia, quinua, centeio, no lugar de arroz branco, pão branco e amidos de milho, por exemplo.

Quando nos empenhamos em prover ao nosso organismo os ingredientes necessários ao bom desempenho, vale lembrar que os resultados da nutrição celular adequada através da alimentação ou suplementos nutricionais não são instantâneos... Para se conseguir o equilíbrio adequado do organismo, requer cerca de 6 meses a 1 ano para que os resultados se evidenciem. Claro que o bem estar é sentido logo nos primeiros dias...

É uma grande pena que a grande maioria dos médicos não dão a devida importância para a parte nutricional do paciente, achando que a alimentação pouco pode ajudar nos processos de cura... Somente 6% dos médicos têm conhecimentos deste aspecto ...Existe um abismo entre o cientista pesquisador e o médico prático. Em quem acreditar???

Vale lembrar que é comum o ser humano negar aquilo que desconhece...

“ Se distribuíssemos ao longo de um período de 24 horas todos os avanços médicos feitos desde o início da história registrada, as evidências de ordem nutricional teriam ocorrido nos últimos 5 ou 6 segundos. Trata-se de pesquisas médicas de ponta. A maioria dos médicos e praticantes de medicina ainda precisa atualizar-se e pôr em prática essas pesquisas para o bem das pessoas comuns.” (Dr. Ray D. Strand, M.D.)

Mas o que seria do mundo, economicamente falando, se as pessoas adotassem o "estilo de vida" proposto por estes estudos???

No link abaixo, relacionei alguns médicos e pesquisadores, cujos livros ou trabalhos publicados tive a chance de ler e conhecer. São pesquisadores sérios e da mais renomada reputação.Eu acredito no que eles dizem...

http://jornadacontraocancer.blogspot.com/2009/07/grandes-medicos-e-pesquisadores.html

A igreja Adventista (da qual faço parte) segue alguns princípios relacionados à saúde, pois acreditamos que “Somos constituídos daquilo que comemos” e como “Somos santuário de Deus”, devemos cuidar do nosso corpo da melhor forma possível, para honrarmos a Deus.

“Ou não sabeis que o nosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus? Não sois de vós mesmos.” (I Coríntios 6:19)

“ Se alguém destruir o santuário de Deus, Deus o destruirá; pois o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado.” (I Coríntios 3:17)

Existem recomendações de saúde na Bíblia...

“Amado, desejo que te vá bem em todas as coisas, e que tenhas saúde, assim como bem vai a tua alma.” (3 João 2)

A “matéria-prima”, ou seja, “os nutrientes” que devemos ingerir para o perfeito funcionamento do nosso corpo foram recomendados por Deus...

“E disse Deus ainda: Tenho-vos dado todas as ervas que produzem semente, e se acham sobre a face da terra, bem como todas as árvores em que há fruto que dá semente. Ser-vos-ão para mantimento.” (Gênesis 1:29)

Uma escritora adventista de nome Ellen G. White escreveu livros sobre os mais variados temas, incluindo “Saúde”. Isto há mais de 100 anos atrás, época em que assuntos como os malefícios do excesso de açúcar, de gorduras ou de alimentos cárneos pareciam “utopia”, pois não havia as comprovações científicas que se tem hoje. Nós, adventistas acreditamos que estas recomendações foram inspiradas por Deus.

Alguns dos livros são: “Conselhos sobre Saúde”, “Conselhos sobre Regime Alimentar”, “Ciência do Bom Viver”, entre outros.

Só que nem todos os adventistas seguem da maneira ideal estes princípios. Aqueles que seguem, destacam-se pela vida sem doenças e a longevidade.

Em novembro de 2005, a revista “National Geographic” chamou atenção para a longevidade de alguns grupos, entre eles os adventistas do sétimo dia que seguem os conselhos de saúde recomendados pela Igreja. A Revista Veja de 14/02/2007 destacou esta pesquisa realizada pela National Geographic Society em parceria com a Universidade de Minnesota. Segundo a pesquisa, as regiões onde mais se vive no mundo são Okinawa (Japão), Ilha da Sardenha (Itália) e Loma Linda, na Califórnia (Estados Unidos). “No caso de Loma Linda”, diz Veja, “cidade com 21 mil habitantes, o estudo foi feito entre a comunidade de 7 mil fiéis do culto protestante dos adventistas do sétimo dia.”

O programa SBT Realidade, na época apresentado pela jornalista Ana Paula Padrão, gravou uma reportagem sobre este grupo de adventistas...

Veja a matéria no link abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=cMlTd1uVooo

Foi somente após o diagnóstico da doença do Vitor que resolvemos “voltar às origens”, ou seja, seguir da forma que acreditamos que seja a “recomendada” por Deus e que incrivelmente coincide com as descobertas científicas atuais, que poderão ser confirmadas nas variadas publicações de inúmeros autores renomados, que merecem todo nosso crédito e atenção.

Antes de adotarmos estas medidas nutricionais aqui em casa, éramos “fregueses” de farmácias e hospitais... Depois que introduzimos um “estilo de vida” diferente, tudo mudou... Conheço pessoas que se libertaram do uso contínuo de remédios para pressão alta e diabetes, pois a pressão e os níveis de glicose normalizaram, sem citar a estabilização ou cura de doenças complexas como câncer, artrite, esclerose múltipla, lúpus ou fibromialgia.

Bom seria se todos se inteirassem desta realidade, pois muito pode ser feito para se evitar doenças ou até curá-las. Deus é quem cura e sempre estará pronto a nos ajudar no que for preciso!

P.S.: Tenho um material explicativo e ilustrado que fala sobre os remédios de Deus para a nossa saúde, que inclui alimentação, exercícios físicos, água, luz solar, ar, repouso, confiança no poder divino e pureza de vida. Se alguém se interessar, posso remeter pelo correio. É um presente. Basta deixar o endereço no meu e-mail: lidionete@gmail.com

6 comentários:

  1. Bom dia Lidionete!
    gostei mto desta postagem. Acredito mto tb que os habitos alimentares contribuem totalmente para a nossa saúde. O meu sogro está passando por uma fase dificil neste momento. Foi-lhe diagnosticado cancêr no fígado, intestino e próstata. Estamos tristes, mas confiantes que Deus pode curá-lo. Se puderes, podes me enviar tb o material explicativo que tens, pois assim, passo para ele.
    Obg por compartilhar as experiências de outras pessoas tb...mto interessante e edificante...
    bjinhos...

    ResponderExcluir
  2. Nosssa querida este seu post.... dá uma desespero total de estar viva!!!!!!!!!!

    rsrsrsrs

    Acho que devemos ser positivistas e lutar para que tudo melhore.....

    É normal que havendo grande evolução tecnologica na medicina, mas, pacientes cobrem da tecnologia A CURA E O tratamento...

    é um processo natural....!

    Acho que as coisas estão encaminhando.....

    Precisamos focar na vida......... e deixar que os grandes pesquisadores e organizadores, facam o seu papel......


    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Querida Cris
    A cada dia tenho mais convicção da importância dos hábitos alimentares tanto para a prevenção de doenças, quanto para o processo de cura.
    Temos “sentido” isto na pele!
    Sinto muito pelo seu sogro... Câncer é uma doença cruel, mas Deus pode curá-lo!
    O tratamento convencional deixa o organismo bastante debilitado e é importante o organismo estar fortalecido pra “reagir” contra a doença e aí entram as estratégias nutricionais...
    Posso te enviar o material, basta deixar um endereço no meu e-mail: lidionete@gmail.com
    Deus abençoe vocês!
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Querida Renata
    Claro que a medicina evoluiu, principalmente na área de diagnósticos e técnicas cirúrgicas. Alguns tipos de câncer também passaram a ter altos índices de cura, como as leucemias, linfomas, próstata, mama, intestino, estômago, etc.
    Mas ainda existem alguns tipos que pouco ou quase nada evoluíram e tem grande índice de serem letais, entre eles os de cérebro, pâncreas, esôfago... Claro que existem medicações ultra-modernas, só que não respondem em todos os casos e o caso do meu filho é um destes...
    Desculpa se passei pessimismo com este post, mas quis mostrar um pouco da realidade...
    Quero principalmente partilhar a esperança que passamos a ter a partir do momento que começamos usufruir das estratégias nutricionais! Uma verdadeira benção na nossa família!
    Estou empolgadíssima e agradeço a Deus a chance de através deste blog compartilhar com o máximo possível de pessoas!
    Deus te abençoe sempre!
    bjos

    ResponderExcluir
  5. olá...
    tem selinho de amizade no meu blog pra vcs... passem lá ok?
    http://infinitodacris.blogspot.com/2009/07/mimo-para-selar-amizade.html
    fiquem com DEUS...bjkass

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Carregando...