segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Yan: superando desafios a cada dia

O Yan é um belo garoto, atualmente com 14 anos, que mora em Belém, capital do estado do Pará, na região norte no nosso querido Brasil. É mais um guerreiro, e a sua jornada não é fácil, mas com a graça de Deus têm superado todos os desafios.

Foi no começo do ano de 2008 que realizou pela primeira vez uma neurocirurgia para remoção de um tumor cerebral localizado no Lobo Temporal Esquerdo. O resultado da biópsia, relativo aos exames anátomo –patológico e imunohistoquímico foi sugestivo de um tumor denominado “DNET”, ou seja, Tumor Neuroepitelial Desembrioplásico, de grau I segundo a OMS, considerado benigno e de bom prognóstico.

Após 3 meses dessa cirurgia, uma ressonância magnética mostrou que havia rejeição do material sintético colocado no crânio para estancar o sangramento na ocasião da cirurgia e foi necessário que nosso guerreiro Yan realizasse uma segunda cirurgia para corrigir este problema, o que aconteceu no dia 18 de abril de 2008. Teve edema cerebral e a recuperação foi difícil, mas superou com muita garra todos estes obstáculos.

Passou então a realizar ressonâncias periódicas de controle e em janeiro de 2009 foi constatada uma alteração, que segundo os médicos tratava-se de lesão “pós operatória”, mas em novembro de 2009 foi confirmado que na realidade esta lesão já era o início de um tumor, desta vez em região próxima ao tronco cerebral.

A equipe médica sugeriu que fosse realizada nova análise patológica do tumor e os blocos de parafina da primeira cirurgia foram enviados para um patologista em São Paulo, bastante experiente em tumores DNET e o diagnóstico foi diferente: “Ganglioglioma”, um tumor de grau benigno e considerado de bom prognóstico também.

Até então as cirurgias e o acompanhamento estavam sendo feitos em Belém, Pará e como se cogitou a possibilidade de nova cirurgia, seus familiares o trouxeram para São Paulo e em dezembro de 2009 aconteceu então o primeiro contato com o experiente neurocirurgião pediátrico, Dr. Sérgio Cavalheiro, que após analisar as imagens, achou melhor apenas acompanhar, tendo em vista não estar assintomático.

Alguns meses após, no dia 26 de maio de 2010 aconteceu a cirurgia para retirada do tumor localizado no tronco cerebral, realizada no Hospital Santa Catarina, em São Paulo e correu tudo bem e a recuperação cirúrgica foi muito rápida. Mas o Dr. Sérgio relatou que se assustou com o tamanho da lesão, pois quando entrou com a broca e o aspirador ultra-sônico, saltou um tumor imenso, que surpreendeu toda equipe.

O resultado do exame imunohistoquímico concluiu como “ganglioglioma benigno”, o mesmo tipo constatado na segunda análise da primeira cirurgia. O exame Ki-67 (um marcador tumoral) teve resultado de 5%, considerado alto, pois o normal desta proteína neste tipo de tumor geralmente é 1%.

Em outubro de 2010 seriam realizados novos exames de controle, mas antes disso o tumor voltou e foi necessária nova cirurgia dia 09 de setembro de 2010, desta vez no GRAACC, em São Paulo. Houve complicações pós-operatórias, pois contraiu meningite bacteriana e foram momentos bastante delicados, mas o valoroso Yan superou mais uma vez e teve alta no dia 30/09/10.

Graças ao bom Deus atualmente ele está bem, mas deverá iniciar quimioterapia nos próximos dias.

Lembremo-nos do Yan em nossas orações, pra que continue superando desafios e vencendo as batalhas de cada dia e muito em breve esteja completamente curado e livre desta doença.

Yan, Deus é contigo!

Grande abraço pra mamãe Lana e toda sua família!


10 comentários:

  1. Estarei sempre a disposição de todos para qualquer duvida ewm relação ao Yan. Obrigado Lidionete por divulgar nossa história, tenho a certeza de que ajudaremos outras mamães e papais a atentarem para qualquer sintoma ou não, de nossos filhotes.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada amiga Lana!
    beijo enorme pra vcs!

    ResponderExcluir
  3. Cara Lidionete, conheço um pouco a história dos guerreiros Yan e Lana e peço a N.Sra de Nazaré, padroeira dos paraenses, que esteja sempre abençoando a eles e todos que enfrentam essa guerra.
    Abs
    Força Yan e Lana.
    Lucivaldo Sena

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Lucivaldo pela mensagem!
    abs

    ResponderExcluir
  5. Lidionete, estamos na verdadeira jornada contra o cancer..descobrimos o tumor do Yan como misto:ganglioglioma e um teratoide rabdoide, que ja houve disseminação para a coluna dorsal..Yan ja concluiu o primeiro ciclo de quimioterapia no GRAACC e estamos tratando..ore por nós!!!

    ResponderExcluir
  6. Lana, a partir de hj também estarei orando pelo Yan e CREIA, td vai dar certo! Ele será curado em nome de Jesus Cristo! Creia! Sem nenhuma dúvida! Um beijo carinhoso em vc e em seu filho abençoado!

    ResponderExcluir
  7. Lana, seu filho é lindo e abençoado por Deus!
    Endosso todas as palavras da Fernanda.
    Estamos em oração!
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Fiquei na dúvida... se o tumor era benigno porque tratamento quimioterápico?

    ResponderExcluir
  9. Fiquei na dúvida... se o tumor era benigno porque tratamento quimioterápico?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andréa, alguns tumores benignos são tratados com quimioterapia... Mas no caso do Yan, posteriormente descobriu-se que era um tipo misto: ganglioglioma com teratoide rabdoide e houve disseminação para a coluna dorsal... Infelizmente este lindo guerreiro faleceu em ABR 2011...

      Excluir

Pesquisar este blog

Carregando...