sábado, 25 de abril de 2009

Genética NÃO é destino

Fiquei muito feliz com a capa da Revista Veja desta semana: Genética não é Destino.Eles dizem que a nova descoberta é uma revolução extraordinária da medicina... saber que “os hábitos e o estilo de vida mudam o comportamento dos genes”. A reportagem não é relativa ao câncer... são outros aspectos que são abordados... Mas eu gostaria sim de relacionar este tema com o câncer...

Vários cientistas e pesquisadores renomados, na área de Alimentação, estilo de vida X Câncer há anos afirmam que é possível sim evitar que alguém desenvolva o câncer, mesmo que esta pessoa tenha defeitos genéticos que a predispõem a isto... Cada um de nós tem uma carga genética diferente e alguns têm suscetibilidade maior que os outros...

Por exemplo o caso do Vitor... Ele tem neurofibromatose e com isto deficiência de um supressor tumoral de nome "Neurofibromina". Mesmo quando nosso DNA é lesado por radicais livres e substâncias carcinogênicas, na grande maioria das vezes, o organismo intervém, através dos mecanismos de reparo do DNA.... Quando há falhas genéticas hereditárias nesse mecanismo de reparo, fica mais difícil o organismo fazer a reparação e evitar o inicio de um tumor...

Antes, acreditava-se que a herança genética influía mais que os hábitos e o modo de vida na constituição da pessoa. AGORA, descobriu-se que o ambiente interfere de modo DECISIVO no código genético, promovendo alterações no funcionamento dos genes...Segundo especialistas , são poucas as situações que fogem do nosso controle.

Os dados estatísticos podem confirmar: o câncer ERA uma doença que ATINGIA pessoas com mais de 65 anos, salvo raras exceções. Com o passar do tempo, a incidência de pessoas jovens passou a ser cada vez mais frequente. Segundo dados estatísticos recentes, provenientes do Laboratório de Biologia Molecular do Dr. Béliveau no Canadá (O Laboratório do Dr. Béliveau, situado em Montreal, foi o primeiro a estabelecer métodos modernos para estudar, de modo rigoroso e detalhado, as ligações entre o regime alimentar e a carcinogênese).

Fatores de risco do câncer:

- FATORES HEREDITÁRIOS : 15%
- TABAGISMO: 30%
- ALIMENTAÇÃO DEFICIENTE: 30%
- INFECÇÕES: 5%
- EXPOSIÇÃO PROFISSIONAL: 5%
- ALCOOLISMO: 3%
- OBESIDADE E FALTA DE EXERCÍCIOS: 5%
- EXPOSIÇÃO AOS RAIOS UV: 2%
- DROGAS: 2%
- POLUIÇÃO: 2%
- OUTROS: 1%

Dois terços dos cânceres são causados por fatores exteriores aos nossos genes e estão mais ligados aos nossos hábitos de vida...Só que mesmo pessoas com pré disposição genética, só desenvolverão câncer com a interação de fatores ambientais... A alimentação passa a ser o fator desencadeante para o seu aparecimento ou não...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Carregando...