domingo, 14 de junho de 2015

Ressonância Magnética ABR 2015

Meu filho foi operado de um tumor cerebral chamado astrocitoma difuso de grau II a 7 anos e 4 meses e por estar infiltrado no tronco cerebral, não foi possível a remoção total na cirurgia. A equipe médica que o acompanha no GRAACC optou por não fazer tratamento de radioterapia ou quimioterapia e a decisão foi acompanhar com ressonâncias magnéticas periódicas. Graças ao bom Deus o tumor manteve-se estável durante esse tempo.
Mas conforme postei aqui, a ressonância magnética de janeiro de 2015 apresentou uma “suspeita” de modificação. É válido esclarecer que a ressonância utilizada como comparação foi uma de 2 anos antes, o que poderia justificar alguma modificação...Deveríamos ter realizado a ressonância no GRAACC, mas a máquina quebrou e como estava demorando para consertar (consertou só em março), a médica me cedeu o pedido para realizar em outro laboratório. Como as ressonâncias recentes (que eu deveria levar para comparação) estavam apenas no sistema do GRAACC, levei uma de 2 anos antes que eu tinha em casa e a comparação foi realizada com base nesta. A conclusão do radiologista foi “que a lesão parece um pouco mais extensa”.
Os médicos do GRAACC não acreditam que houve evolução, tanto é que marcaram outra ressonância somente para 6 meses adiante, mas essa observação do radiologista deve ser ignorada?
Para ficarmos tranquilos, realizamos um exame no dia 27/04 e graças a Deus não surgiram alterações relevantes.
Meu filho está bem, sem qualquer sintoma relacionado à doença e completamente adaptado às pequenas sequelas pós-cirúrgicas, que não o impedem de levar uma vida normal.

Deus é bom e a Ele toda nossa gratidão!

2 comentários:

  1. Meu noivo tem tumor cerebral após um.ano realizada a cirurgia o.tumor voltou a crescer . me preocupa muito porque ele n q mas fazer quimio e talvez tenha q fazer a rádio ou até mesmo.outra cirurgia. Estou muito desesperada mas tento manter a calma justamente para tentar acalmar ele mas está sendo difícil mas minha fé prevalece.

    ResponderExcluir
  2. Meu noivo tem tumor cerebral após um.ano realizada a cirurgia o.tumor voltou a crescer . me preocupa muito porque ele n q mas fazer quimio e talvez tenha q fazer a rádio ou até mesmo.outra cirurgia. Estou muito desesperada mas tento manter a calma justamente para tentar acalmar ele mas está sendo difícil mas minha fé prevalece.

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Carregando...