sexta-feira, 16 de julho de 2010

Os remédios de Deus para nós

Entre os dias 9 e 11 de julho estive participando de um treinamento de assuntos relacionados à saúde, promovido pela igreja adventista da qual faço parte, para um grupo de cerca de 100 representantes daqui da região em que moro. Hospedamo-nos num local bastante agradável na região de Cotia e foi maravilhoso.

Os adventistas crêem que Deus deseja que nós seus filhos, cuidemos do nosso corpo com muito zelo. Vários textos bíblicos expressam isto... Em I Coríntio 6:19 e 20 diz: “Ou não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que habita em vós, o qual possuís da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço; glorificai pois a Deus no vosso corpo."

Este treinamento da qual participei, teve a função de preparar pessoas para servir a sociedade, através de orientações para otimizar a saúde e a qualidade de vida. Infelizmente são poucas as pessoas que tem conhecimento desses hábitos e os colocam em prática. A minha própria família é a prova de que hábitos saudáveis fazem muita diferença!

Quem ministrou este treinamento foram 2 médicos adventistas missionários, Dr. Luiz Fernando Sella e Dra. Daniela Tiemi Kanno a experiência de vida deles é fantástica. O Dr. Luiz Fernando formou-se em medicina pela Universidade Federal de Santa Catarina e atuou como médico visitante na University of Miami School of Medicine em 2006 e 2007. Havia recém chegado dos Estados Unidos quando aceitou a proposta para trabalhar numa unidade de saúde na periferia de Florianópolis, Santa Catarina. Foi neste local de trabalho que conheceu a Dra. Daniela... Até então, o Dr. Luiz Fernando era um ateu convicto, mas numa ocasião encontrou sua colega de trabalho Daniela lendo a Bíblia num momento de folga e de imediato sua atitude foi de brincadeira e incredulidade... Mas ela foi firme e argumentou acerca da credibilidade da Bíblia e do Deus contido nela e começou um bombardeio de perguntas e a Dra. Daniela gentilmente respondeu a cada uma delas. Neste primeiro contato foram 5 horas ininterruptas de estudos, questionamentos e de muita sede por conhecer tão maravilhosa verdade.

O Dr. Luiz Fernando tornou-se cristão. Passou também a adotar os princípios do viver saudável em sua própria vida e os benefícios foram magníficos. Ficou tão maravilhado, que juntamente com a Dra. Daniela, passou a recomendar também para seus pacientes na Unidade de Saúde em que trabalhavam juntos em Florianópolis. Abaixo, um breve relato do que aconteceu com aquelas pessoas após estas recomendações:

“Embasado no programa NEWSTART do Weimar College (Califórnia, EUA), que estimula mudanças duradouras de estilo de vida, passei a orientar meus pacientes sobre como obter mais saúde de maneira simples e barata. De acordo com a escritora americana Ellen G. White, em seu livro A Ciência do Bom Viver, "ar puro, luz solar, temperança, descanso, exercício físico, dieta apropriada, uso da água, confiança no poder divino - estes são os verdadeiros remédios".
Ao aplicar métodos tão simples, pessoas controlaram a pressão arterial e o diabetes, perderam peso e melhoraram do quadro depressivo, ao ponto de procurar a Unidade de Saúde e devolver os medicamentos, pois deles não mais precisavam.”

O relato completo pode ser encontrado no link:
http://www.outraleitura.com.br/web/artigo.php?artigo=68:Na_pratica_a_teoria_e_outra

Os 8 remédios simples que embasam o que cremos acerca da saúde são :

Ar, Luz Solar, Água, Repouso, Exercício Físico, Dieta, Temperança e Firme Confiança em Deus.

São remédios por cuja falta milhões estão perecendo. Estes simples agentes da natureza não intoxicam, nem desabilitam nosso sistema através de suas poderosas propriedades. Eles estão ao nosso alcance a custo quase zero. Sua promessa para nós é: “O Senhor perdoa todos os meus pecados e cura todas as minhas doenças.” Salmo 103:3

Abaixo, uma explicação sintetizada acerca de cada remédio que Deus nos deixou:

1. Ar - É obvio que todos nós respiramos, mas nem sempre o ar possui uma qualidade boa... O oxigênio é utilizado pelas células junto com a glicose no processo de produção de energia; o processo de difusão do oxigênio para as células através dos capilares, depende muito de como respiramos; as células não estão muito longe dos capilares (50 micras) mas algumas se encontram mais distantes e precisam de uma difusão mais efetiva, que ocorre através da inspiração profunda motivada pelo exercício físico..
A respiração profunda sempre está associada a movimento e conseqüentemente atividade muscular, favorecendo uma troca mais ativa de gases pela célula, e um maior fluxo de entrada de água, nutrientes e outras substâncias. Uma atividade ao ar livre em meio à natureza permite um fluxo dessas substâncias, promovendo bem estar, fortalecimento e nutrição ao corpo.
Se nos permitimos respirar profundamente por períodos regulares e longos durante o dia, teremos uma saúde melhor, uma disposição alegre e atividade mental aguçada!

2. Luz Solar
• Produz vitamina D que ajuda na formação de ossos sadios e fortes
• Diminui o colesterol
• Aumentar a eficiência cardíaca
• Normaliza a pressão sanguínea
• Aumenta a eficiência do Sistema Imunológico
• Na medida certa, promove pele saudável, mais macia e com maior elasticidade, coloração saudável e mais resistente às infecções
• Relaxa os nervos
• Dá tonicidade aos músculos
• Ativa o sistema endócrino
• Combate a depressão
• Melhora a icterícia do recém-nascido
• Melhora o quadro da diabetes
• Através da fotossíntese, promove o desenvolvimento das plantas e controla a qualidade do ar
• Mata os germes
Importante: O melhor horário para tomar sol é no início da manhã e no final da tarde
Sol em excesso pode provocar câncer de pele principalmente na hora mais quente do dia

3. Água - 50 a 65% do nosso peso corporal é de água. Músculos 75%, Cérebro 70 – 85%, Ossos 50% e sangue 93%. A perda de 20% da água do organismo é fatal. A falta de água no organismo pode causar odor desagradável no corpo, mal hálito, urina concentrada com cheiro forte, pele seca, constipação intestinal, nervosismo. Alguns sistemas do nosso corpo, como o renal pro exemplo, utiliza a água para eliminar as toxinas. O sistema circulatório veicula as células sanguíneas através de um líquido aquoso chamado plasma; os leucócitos são uma destas células ativas de nosso corpo para eliminar bactérias, vírus e outros agentes infectantes; eles se deslocam por entre os vasos de nosso corpo graças a sua constituição aquosa que lhes permite a diapedese, que é um deslocamento gelatinoso e permeável que a água lhes confere, podendo atravessar poros menores que o seu próprio tamanho! Mas a pouca ingestão de água pode dificultar a ação dos leucócitos e facilitar a instalação de viroses como a gripe e o resfriado. São muitas as funções da água em nosso organismo, e a sua ingestão é saudável para nossa saúde de forma geral.

4. Repouso - o ciclo do sono começa com a ausência da luz do sol; quanto mais cedo dormirmos mais benefício nosso cérebro vai ter, devido ao período de vigília (14 a 16 horas) que se auto regula. O sono é estimulado por substâncias que são lançadas no sangue com a ausência da luz natural. Somos muito prejudicados com a questão da luz artificial, e o prolongamento do período de vigília do cérebro; aqueles que conseguem dormir cedo estão experimentando um descanso mais profundo devido a um hormônio chamado Melatonina. Essa substância é produzida enquanto dormimos, mas somente nas primeiras horas após a ausência da luz natural; se prolongamos o período da vigília do cérebro, menos Melatonina é produzida. Esse hormônio é mais uma droga poderosa que atua no cérebro trazendo a sensação de descanso e bem estar.
O nosso Século das Luzes e agora das atividades virtuais a noite (TV, Internet) nos privam do melhor do sono; é nas primeiras horas em que a Melatonina é jogada em nosso sangue, e realiza seus efeitos calmantes e revitalizadores no cérebro. Quando nos permitimos um descanso de no mínimo 8 horas, estamos promovendo a saúde de nosso corpo. Uma mente que constantemente trabalha (estado de alerta) em períodos longos e tem apenas períodos de 6 ou 4 horas de descanso, não pode oferecer o melhor raciocínio ou desempenho.

5. Exercício Físico
• Aumenta a eficiência do coração
• Normaliza a pressão sanguínea
• Melhora a circulação e a oxigenação dos tecidos
• Diminui a freqüência cardíaca quando em repouso
• Estimula a respiração profunda, abdominal
• Relaxa os músculos e acalma os nervos
• Carrega as células nervosas com energia elétrica
• Melhora a digestão e o funcionamento dos intestinos
• Fortalece os músculos, ossos e ligamentos
• Regulariza o sistema endócrino
• Aguça a capacidade mental
• Dá elegância à forma física
• Elimina o excesso de gordura
• Produz energia
• Retarda o envelhecimento
• Aumenta a resistência e evita a fadiga
• Estimula a produção de endorfina

6. Dieta saudável
O que comer:
Comer os alimentos em estado mais natural possível.
• Comer pelo menos 50% dos alimentos crus, de preferência no início da refeição.
• Fazer boa combinação dos alimentos.
• Comer poucas variedades numa refeição.
• Variar o cardápio.
• Comer alimentos preparados de maneira simples, saborosa e nutritiva.

Como comer:
• Comer devagar, mastigando bem os alimentos.
• Comer com calma, com gratidão.

Quando comer:
• Comer somente nas horas certas.
• Ter intervalo de 5 a 6 horas entre as refeições.
• Comer somente quando o estômago estiver vazio.
• Ter intervalo entre a última refeição e a hora de deitar

Quanto comer:
• 1ª Refeição: a mais substancial
• 2ª Refeição: normal
• 3ª Refeição: a mais leve
• Comer um pouco menos do que se deseja.

Hábitos alimentares prejudiciais à saúde:
• Comer entre as refeições.
• Tomar líquidos às refeições.
• Comer em demasia.
• Comer depressa sem mastigar.
• Jantar pesado.
• Comer antes de dormir.
• Comer muitas variedades
• Usar má combinação alimentar.
• Uso costumeiro de: Produtos refinados (arroz branco, pão branco, farinha branca), açúcar, doces, sorvetes, chocolates, refrigerantes; gorduras, frituras.
• Uso de estimulantes: café, chá mate, chá preto.
• Uso de condimentos nocivos: pimenta-do-reino, vinagre, mostarda, glutamato monossódico e conservas.
• Uso de carnes.
• Uso de alimentos muito quentes ou gelados.
• Uso excessivo de sal.

7. Temperança – “A verdadeira temperança nos ensina a eliminar inteiramente todas as coisas prejudiciais e usar de forma equilibrada aquilo que é saudável.”

8. Confiança em Deus - O último princípio para uma boa saúde é a confiança, a fé em Deus! Em um mundo de tantas armadilhas, artifícios e até de males incuráveis, somente Deus se torna o nosso refúgio!
Jesus ao vir a Terra passou grande parte do seu ministério de apenas três anos curando as pessoas e oferecendo alívio as dores e males dos humanos. Não é diferente hoje! Ele pode oferecer saúde e restauração a todo aquele que Nele confia.
A oração e a orientação espiritual já é considerada em alguns hospitais como alternativas terapêuticas para as doenças. Já ficou demonstrado por pesquisas que pessoas que tiveram a visitação de capelães, os quais oraram e fortaleceram a esperança e a fé do paciente, esse grupo de pessoas demonstrou um prognóstico mais favorável em sua reabilitação.
“Provai e vede que o SENHOR é bom; bem-aventurado (feliz) o homem que nele confia” Salmos 34:8; sim, o resultado de confiar em Deus é a felicidade.
"Bom remédio é o coração alegre, mas a tristeza faz secar os ossos.” Provérbios 17:22

Os princípios acima passaram a ser adotados pelos adventistas a partir do ano de 1862, que foi a época em que a escritora americana Ellen White passou a escrever sobre o assunto. Nós cremos que foram inspirados por Deus, pois muitos destes escritos foram confirmados pela ciência somente depois de 100 anos que os mesmos foram escritos.

Só que nem todos os adventistas seguem estes princípios... Aqueles que seguem, destacam-se pela vida saudável e a longevidade.

Em novembro de 2005, a revista “National Geographic” chamou atenção para a longevidade de alguns grupos, entre eles os adventistas do sétimo dia que seguem os conselhos de saúde recomendados pela Igreja. A Revista Veja de 14/02/2007 destacou esta pesquisa realizada pela National Geographic Society em parceria com a Universidade de Minnesota. Segundo a pesquisa, as regiões onde mais se vive no mundo são Okinawa (Japão), Ilha da Sardenha (Itália) e Loma Linda, na Califórnia (Estados Unidos). “No caso de Loma Linda”, diz Veja, “cidade com 21 mil habitantes, o estudo foi feito entre a comunidade de 7 mil fiéis do culto protestante dos adventistas do sétimo dia.”

O programa SBT Realidade, na época apresentado pela jornalista Ana Paula Padrão, gravou uma reportagem sobre este grupo de adventistas...

Link da matéria sobre os adventistas
http://www.youtube.com/watch?v=cMlTd1uVooo

Tenho um forte desejo no meu coração de partilhar estes princípios de vida saudável com o máximo de pessoas possível.

Que Deus abençoe a cada um de nós, para que possamos glorificá-lo através do nosso corpo, das nossas ações e da nossa vida como um todo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Carregando...