Visualizações desde JUL 2010

Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 13 de novembro de 2012

6º Congresso Internacional de Nutrigenética / Nutrigenômica

"A partir da conclusão do Projeto Genoma Humano, em que foram identificados cerca de 30000 genes, começou-se a associar a presença/ ausência de ativação de determinados genes nos indivíduos como possíveis causas de algumas enfermidades crônicas, como aterosclerose, hipertensão arterial, diabetes, câncer e infarto do miocárdio.

Nas últimas décadas, comprovou-se também, que o ambiente interferia na atividade desses genes, o que se denominou por fenótipo, ou seja, a relação entre o ambiente pode determinar a expressão gênica. Entre os fatores ambientais que podem determinar a ativação ou inibição de genes, estão a exposição à radiação solar, à substâncias mutagênicas e outros xenobióticos, como o tabaco; a alimentação e a prática ou não de atividade física.

Com o reconhecimento de que a alimentação (nutrientes/ compostos bioativos) apresenta a habilidade de interagir e regular mecanismos moleculares levando o organismo a ter suas funções fisiológicas melhores ocasionou-se uma revolução na área da Nutrição e deu origem à ciência da Nutrigenômica."

Nutrigenética / Nutrigenômica é um assunto super atual que eu amo!! A maioria dos livros que leio aborda esse tema. Vai acontecer um congresso internacional aqui no Brasil, na cidade de São Paulo, entre os dias 18 a 21 de novembro de 2012. Pena que estarei viajando nesses dias, pois daria um jeito de ir como "ouvinte"... Tenho um amigo pessoal que faz mestrado na USP e irá representar o grupo de estudos de nutrição da Universidade de São Paulo. Sorte grande a dele...

Torço para que essa abordagem avance e chegue até os consultórios, e que os médicos possam orientar seus pacientes nesse assunto tão importante que, dependendo do caso,  pode ser determinante no desenvolvimento ou não de uma doença genética...

Graças a Deus que genética não é destino!

Nenhum comentário:

Postar um comentário