terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Força Ana Luiza

A história da pequena Ana Luiza está na net, num lindo blog feito por sua mamãe Carolina. É de impressionar o brilho e a força dessa garotinha, que mesmo sem conhecê-la pessoalmente, já me encantei e peço a Deus que continue cuidando dela, assim como tem feito até aqui.

Ana Luiza tem 7 anos. É de Manaus, estado do Amazonas e sempre foi muito saudável. Nada de gripes, resfriados, febre ou espirros. Ótima saúde e disposição para brincar e fazer um monte de coisas legais. Muito estudiosa também.

Tudo começou dia 18/09/2010, quando acordou vomitando. Foi levada ao pronto socorro, mas nada de anormal foi diagnosticado. No dia seguinte, vômito novamente e agora os olhos estavam “estranhos”, pois reclamava que enxergava “de dois”. Pronto socorro novamente e desta vez realizou exames de sangue e foi prescrito remédios para vômito e náusea. Quanto ao olho que já não se mexia de forma normal, a médica disse que poderia ser o início de um estrabismo e que deveriam procurar um oftalmologista.

Foram então ao oftalmologista, que disse não haver problema algum com o olho. A suspeita era de algo muito mais grave e foi então solicitado um exame de ressonância magnética. Foram momentos de muita aflição para seus pais e familiares, pois pela expressão dos médicos, já se notava que a pequena Ana Luiza tinha uma doença muito grave.

E o resultado da ressonância no dia 21/09/10 foi: “Extensa lesão expansiva infiltrativa na base do crânio”. E conforme os médicos, poderia ser um linfoma ou um rabdomiossarcoma.

Os médicos então avisaram que Manaus não teria estrutura para um caso tão complexo e deveriam ir para São Paulo o quanto antes. Como a localização era a “base do crânio”, havia necessidade de uma equipe multidisciplinar, composta de neurocirurgião, cirurgião de cabeça e pescoço e otorrinolaringologista. Essa notícia deixou seus pais em completo desespero.

No dia 22/10, já internada no hospital em Manaus, acordou com sintomas mais evidentes, como sonolência, vômito e pressão intra-craniana elevada. A indicação médica foi que deveria vir para São Paulo de avião UTI, pois corria risco de vida.

Após muita correria, tudo foi arranjado e o embarque para São Paulo em avião UTI aconteceu no dia 23/10/10 e o destino foi o Hospital A C Camargo, em São Paulo. Um grande centro para tratamento do câncer.

Apesar de toda gravidade do problema, Ana Luiza não aparentava que tinha uma doença tão grave. Sorria, brincava, sem noção alguma do que ocorria com ela.

Foram solicitados diversos exames, como: tomografia computadorizada de tórax e abdome, ressonância magnética de coluna vertebral, cintilografia óssea e biópsia do tumor e da medula óssea.

O mundo caiu quando saiu o resultado dos exames... A pequena Ana Luiza tinha metástases nos pulmões, na medula óssea e em algumas vértebras da coluna dorsal e na fíbula da perna esquerda! Segundo os médicos, tratava-se de um câncer agressivo (rabdomiossarcoma – o mesmo tipo que o garoto Arthur) e de pior prognóstico quando apareciam metástases distantes. As chances de cura de 20%... Segundo as estatísticas, 80% das crianças vão a óbito durante o tratamento.

Impossível descrever o sentimento dos pais ao ouvir um prognóstico desses!

E foi então prescrito o tratamento de quimioterapia pesada, composto de 4 dias de aplicação de drogas (isifasmida, viscristina, doxorrubicina, dactinomicina) e alguns dias de intervalo para recuperação.

Os efeitos colaterais também foram muito fortes, como náuseas, baixa das defesas, queda dos cabelos. Mas apesar de tudo, enfrentando tudo com muita coragem.

No final de novembro 2010 foram realizados os exames específicos para avaliar a resposta da quimioterapia e para honra e glória de Deus, os resultados foram os melhores possíveis, segundo os médicos. Houve redução da lesão da cabeça e as metástases não mais apareciam.

E o tratamento da pequena Ana Luiza teve segmento e após mais alguns exames de controle, a equipe médica que a assiste decidiu que havia chegado o momento da cirurgia. Os médicos querem retirar qualquer pedacinho de tumor que porventura exista, para evitar a possibilidade de recidiva.

Trata-se de uma cirurgia bastante complexa, envolvendo diversos cirurgiões especialistas, que com muita dedicação, farão o melhor para que a pequena Ana Luisa fique completamente curada e livre desta doença para sempre.

E a cirurgia aconteceu hoje, 18/01/11, às 18 horas. Agora são 23:50 e vi agora pouco um post no twitter informando que já acabou e com a graça de Deus foi um sucesso.

Imagino o alívio que seus pais Carol e Marcos estão sentindo neste momento! Deus é grande e poderoso e têm cuidado da pequena Ana Luiza até aqui e a nossa oração neste momento é de gratidão, por mais esta vitória alcançada.

Ana Luiza, Carol e Marcos: vocês são mais que vencedores!

E fica aqui o endereço do blog, pra quem quiser acompanhar esta linda história de força e superação: http://vidanormal.blogspot.com/

7 comentários:

  1. Olá.
    Não conheço a Ana Luiza pessoalmente, mas já há alguns dias, acompanho a história dela pelo blog e pelo facebook.
    É uma linda história de superação e fé.
    Dei uma lida em vários posts aqui desde blog e também me emocionei com várias histórias, inclusive a do seu filho.
    Que Deus continue olhando por todos.
    Beijos e abraços!

    ResponderExcluir
  2. Lidionete. Lindo texto. Obrigada pela força. Tenho a convicção de que minha filha será curada e onde eu pisar meus pés, testemunharei esse milagre de Deus. Obrigada!

    ResponderExcluir
  3. Hj conheci o caso da pequena Ana Luiza, e fiquei tão triste porque tenho uma filha de 4 anos e peço todos os dias para que Deus proteja minha pequena pois nao sei como seria a minha vida sem ela, ja chorei muito mais quero dizer aos pais desta linda criança, Deus está ao seu lado protejendo e pai, mãe contineu orando pois ele é o único que pode salvar e curar a dor. Fique com Deus e sua divina proteção.

    ResponderExcluir
  4. Olá, Lidionete, acompanho recentemente o caso. Sou de Manaus e uma amiga de trabalho que conhece o caso me informou. Se me permite, quero postar trechos de seu texto em minha página http://www.recantodasletras.com.br/autores/eduardoescreve

    abraços.

    ResponderExcluir
  5. Linda historia da ana luiza, realmente mudou algo em mim, choro sempre que releio o blog(varias e varias vezes) nossa posso dizaer que amo esta familia
    Itamar
    s-imagens@hotmail.com

    ResponderExcluir
  6. Uma pena ela ter falecido em 2012 pois o cancer reincidiu...menina linda

    ResponderExcluir

Pesquisar este blog

Carregando...